Guilherme Arantes indica o som do Vanguart
Especial

Guilherme Arantes indica o som do Vanguart

Publicidade

Guilherme Arantes é um dos maiores hitmakers da história da música brasileira. Voz por trás de clássicos como "Meu Mundo e Nada Mais" e "Cheia de Charme" e de muitas faixas que embalaram personagens de novelas nos anos 1970 e 1980, o músico paulistano andou sumido dos holofotes e voltou nos últimos anos com uma frutífera (e elogiadíssima) carreira independente. 

Além de nunca ter parado de fazer música, Guilherme também nunca deixou de prestar atenção na nova geração brasileira. Ele, que já elogiou de Anitta a Tiago Iorc, agora volta suas atenções a Hélio Flanders e seu Vanguart. Ok que a banda não é nova: surgida em 2002 em Cuiabá, o grupo de indie rock é considerado um dos grandes nomes da cena independente nacional, e continua arrebanhando fãs Brasil afora com obras como "Beijo Estranho" (2017). Caso de Guilheme.

"Tenho especial atenção para o som de Helio Flanders, e seu Vanguart", diz Guilherme ao Reverb. "Com muitas ideias criativas e desconcertantes, muita originalidade e uma pegada muito pessoal, é sempre uma boa surpresa, a cada patamar de sua trajetória", justifica.

"Eles sabem alternar suavidade com fulguração muitas vezes limítrofe, visitam regiões inóspitas da percepção... é uma aposta certeira de que a música está viva, aí por esse mundo de país, para nos surpreender".

Tags relacionadas:
EspecialEles Indicam

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest