Huminutinho: qual é a diferença entre eco e reverberação?
Especial

Huminutinho: qual é a diferença entre eco e reverberação?

Além de divertida de testar enquanto se é criança (ou até um pouco mais adulto), aquela sensação de que a voz toma todo o espaço quando se grita é uma das primeiras chances de entrar em contato (e de entender) como o som se comporta no espaço. Ao fenômeno de produzir qualquer onda sonora em um ambiente consideravelmente fechado e ouvi-lo, de certa forma, "retornar", se dá o nome de eco ou de reverberação. Embora parecidos, eles não são iguais, e André Vasco explica essa história com detalhes em apenas Huminutinho.

Basicamente, a principal divergência entre os dois termos está na diferença de tempo em que o ouvido humano demora a receber qualquer som. Se o tempo para que o som rebatido por uma barreira física (como paredes, móveis, montanhas) ultrapassar 0,1 segundo (valor parâmetro), é um eco. Se este mesmo tempo for inferior a 0,1 segundo, é uma reverberação. Faz sentido, né?

A diferença entre eco e reverberação está no tempo em que o som demora a chegar aos ouvidos / Foto: Unsplash
A diferença entre eco e reverberação está no tempo em que o som demora a chegar aos ouvidos / Foto: Unsplash

Comum na vida urbana em casas, apartamentos e locais mais fechados, o efeito da reverberação acabou ganhando o coração da produção musical, se tornou controlável digitalmente e é muitíssimo utilizado em canções. Seja na voz, seja nos instrumentos, o chamado reverb é capaz de simular sonoridades amplas possíveis de ser captadas em catedrais, banheiros, teatros e em outros locais de grandes estruturas.

André Vasco dá mais exemplos de como ecos e reverberações acontecem em Huminutinho:

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest