Indústria da música se mobiliza para ajudar a Austrália a enfrentar incêndios trágicos
Inspiração

Indústria da música se mobiliza para ajudar a Austrália a enfrentar incêndios trágicos

Estes são tempos difíceis para os australianos. O verão sempre provoca incêndios, no entanto, os meses finais de 2019 e início de 2020 trouxeram um desastre sem precedentes ao país. Tragédias assim mobilizam apoio do mundo inteiro e o meio musical é um dos que sempre se envolve em causas desse tipo. Muitos famosos têm enviado mensagens e feito doações importantes para ajudar o combate aos incêndios. Metallica, Pink, Kylie Minogue e Elton John são alguns dos que se manifestaram e contribuíram.

Na quarta-feira (8/1) foi confirmada a vigésima morte em New South Wales, o estado mais afetado da atual temporada de incêndios. Pelo menos mais cinco pessoas perderam a vida em outras regiões, além da destruição de cinco milhões de hectares de território e a morte de cerca de 1 bilhão de animais, incluindo mamíferos, pássaros, répteis, insetos, morcegos, sapos e outras espécies.

Os incêndios na Austrália já destruiram 5 milhões de hectares e mataram 1 bilhão de animais. Foto: Getty Images
Os incêndios na Austrália já destruiram 5 milhões de hectares e mataram 1 bilhão de animais. Foto: Getty Images

Além do rastro de destruição, as chamas provocam danos à saúde da população e prejudica profundamente a economia do país. Vários eventos culturais, por exemplo, têm sido desmarcados por causa das condições climáticas extremas. The Falls Festival, em Lorne, o espetáculo de abertura do Festival de Sydney, e shows do festival A Day On The Green, que é realizado em áreas abertas em regiões de vinícolas, foram cancelados.

Enquanto os bombeiros combatem as chamas provocadas pelos ventos fortes e agravadas pelas condições de seca, a comunidade da música se mobiliza para colaborar com esse esforço para tentar minimizar os estragos, ajudando os desabrigados e no tratamento de animais feridos.

A cantora Kylie Minogue, que é australiana, doou US$ 500 mil para os esforços imediatos de combate a incêndios e o apoio contínuo que será necessário. Em seu Twitter, ela faz um apelo, dizendo que "grande ou pequeno, de perto ou de longe, qualquer apoio ajudará os afetados pelos devastadores incêndios florestais". A mesma quantia foi doada também pelo casal Nicole Kidman e Keith Urban e por Pink — “Estou me comprometendo a doar diretamente para os bombeiros locais que estão lutando nas linhas de frente", anunciou a cantora.

A australiana Kylie Minogue doou US$ 500 mil para os esforços imediatos de combate a incêndios. Foto: Reprodução Instagram
A australiana Kylie Minogue doou US$ 500 mil para os esforços imediatos de combate a incêndios. Foto: Reprodução Instagram

O Metallica é outro que está enviando mais do que pensamentos e orações para as vítimas na Austrália. Os músicos prometeram US$ 750 mil aoNSW Rural Fire Service e à Country Fire Authority in Victoria, uma organização voluntária de servições de emergência e combate a incêndios. "Estamos totalmente impressionados com as notícias dos incêndios que varrem milhões de acres em toda a Austrália. A destruição é verdadeiramente de partir o coração", diz um comunicado divulgado pela banda.

A banda tinha uma turnê agendada em 2019, que foi adiada porque o vocalista James Hetfield precisou se internar em uma clínica de reabilitação para tratar do vício em álcool. Ele, Lars Ulrich e companhia também estão ajudando bastante ao ao publicar uma série de tuítes com notícias da tragédia curso e informações sobre como é possível ajudar.

A maior quantia doada até agora foi de US$ 1 milhão, anunciada por Elton John durante seu show "Farewell Yellow Brick Road" na terça (7/1). "Ver os incêndios me deixou de coração partido. Esta tragédia levou vidas, casas e devastou tanta vida selvagem. No meu show em Sydney, na noite passada, prometi um milhão de dólares para apoiar o fundo de combate às queimadas", escreveu o cantor no Instagram, compartilhando o trecho do show em que fala sobre sua contribuição.

James Hetfield e Lars Ulrich em um show ano passado; a banda está tuitando várias notícias e orientações sobre doações. Foto: Getty Images
James Hetfield e Lars Ulrich em um show ano passado; a banda está tuitando várias notícias e orientações sobre doações. Foto: Getty Images

Vários eventos beneficentes estão sendo organizados por artistas e produtores australianos para arrecadar fundos. O "Make It Rain - Fund the Firies 2020" acontece esta semana em Byron Bay com shows de Wolfmother e ARC (membros das bandas Spiderbait, You Am I, Jet e Even) entre outros. A arrecadação será totalmente destinada ao NSW RFS Northern Rivers e à Far North Coast Brigades.

O Sydney Festival Bushfire Appeal Concert, que vai reunir no próximo sábado artistas locais, já está esgotado. A renda será revertida para as instituições Red Cross Disaster Relief and Recovery Appeal e NSW Wildlife Information, Rescue and Education Service. Outro evento que esgotou foi o show dos Wiggles, um grupo infantil criado em 1991 que agora reuniu os integrantes originais para a apresentação beneficente do dia 18 de janeiro no clube Castle Hill RSL. Para quem não conseguiu ingressos, o grupo avisa que, mediante alguma doação, poderá assistir o show on line.

São muitos os artistas australianos que estão unindo forças no país, como a cantora pop Tones And I que, ao lado de Adrian Eagle e outros convidados, fez uma parceria com o clube 170 Russell, em Melbourne, para um show beneficente no dia 28 de janeiro.

O grupo australiano de hip hop Hilltop Hoods participa de show beneficente em fevereiro. Foto: Getty Images
O grupo australiano de hip hop Hilltop Hoods participa de show beneficente em fevereiro. Foto: Getty Images

O grupo de hip hop Hilltop Hoods publicou em suas redes sociais que doou US$ 25 mil para a CFS, organização que apoia bombeiros voluntários no sul da Austrália. "Temos uma enorme gratidão aos bombeiros, serviços de emergência e voluntários cujos esforços heroicos nas últimas semanas certamente salvaram inúmeras vidas. Se você também deseja doar, pode fazê-lo através do link cfsfoundation.org.au/donate", escreveram os integrantes, que ainda vão participar, em fevereiro, de um grande show de arrecadação de fundos em Sydney.

Outros eventos beneficentes já agendados são o "Fire Fight Australia - National Concert For Bushfire Relief" dia 16 de fevereiro no Anz Stadium, e o "Down to Earth — A Fire And Climate Relief Concert", no dia 26 de fevereiro, no Sidney Myer Music Bowl.

O "Sound Relief " também foi anunciado, mas ainda não há data marcada. O festival teve uma edição anterior em 2009, quando reuniu 120 mil pessoas simultaneamente em Melbourne e Sydney.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest