Iraniana Nadia Tehran canta diáspora persa em meio a 'inferno emocional'
Entretenimento

Iraniana Nadia Tehran canta diáspora persa em meio a 'inferno emocional'

Publicidade

O álbum de estreia de Nadia Tehran, "Dozakh: All Lovers Hell", traz situações familiares como tema em praticamente todas as faixas. Sueca de pais iranianos, a cantora foi criada dentro das tradições de seus antepassados e ouviu muitas histórias tristes, que foram inspiração para seus versos fortes. O álbum abre com um áudio que traz a voz de seu próprio pai. "Não se deve ter medo da morte", diz ele, lembrando-se do último dia de combate na guerra Irã-Iraque, quando era o motorista de um carro cheio de munição que explodiu ao ser atacado. 

LEIA TAMBÉM: Billie Eilish e artistas da nova geração mostram que não há mais limites entre os gêneros musicais

"Dozakh" é uma palavra persa, que significa um tipo de inferno emocional em que a pessoa entra quando é separada de um ente querido. Esse sentimento permeia a música experimental de Nadia, em especial sua ligação  com a diáspora iraniana. "Isso cria uma separação entre a vida e a morte, entre quem sou eu e por que estou aqui. Mas também se traduz no fato de eu ter crescido na Suécia e me sentir sem raízes", explica a cantora. Os versos de "Jet" refletem claramente esse sentimento de perda; já em  "Dreamers", ela lamenta a morte da avó; enquanto que outras faixas são verdadeiras cartas de amor aos seus antepassados.

Quando criança, Nadia conta que os pais insistiam para que ela e a irmã falassem Farsi (língua persa), comessem pratos, assistissem a filmes e ouvissem músicas persas em casa. "Mas na escola eu tentava me livrar disso", diz. 

Com o passar dos anos, o pai acabou virando um "aliado" na carreira de Nadia. Ele inclusive ajudou na produção do álbum, e a acompanhou nas filmagens do videoclipe de "Refugee" nas ruas fortemente policiadas de Teerã, capital do Irã. "Eu e meu pai fomos realmente punks! Eu usei meus fones de ouvido por baixo da burca, enquanto cantava para a câmera e, disfarçando, fingia que nada estava acontecendo", conta.

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest