J-Setting: o estilo de dança criado por bailarinas universitárias que influenciou Beyoncé e Ciara
Inspiração

J-Setting: o estilo de dança criado por bailarinas universitárias que influenciou Beyoncé e Ciara

Publicidade

Em uma universidade negra na cidade de Jackson, no Mississipi, foi fundado um estilo de dança único batizado como J-Setting. Por sua originalidade ao misturar acrobacias com movimentos oriundos de culturas africanas e jazz dance, ele chamou atenção de divas pop como Beyoncé e Ciara, que logo trataram de associar os passos dessa dança às coreografias de seus shows. 

LEIA MAIS: Youtuber usa a dança para popularizar ritmos como ska e rocksteady

VEJA TAMBÉM: Descubra o que foi a bizarra epidemia de dança de 1518

Mas o J-Setting não é novo. Aliás, a dança foi criada em 1971 pelo grupo de dançarinas Prancing J-Settes, que apoiam a tradicional banda de metais da universidade, a Sonic Boom of the South

Kayla Gorden, atual capitã da equipe de estudantes, explica que o estilo é normalmente confundido com o de muitas ginastas, graças às piruetas e outras acrobacias realizadas nas apresentações.

"A maioria das outras equipes de dança de torcida não tem os movimentos que nós temos. Isso nos torna diferentes", explica Kayla, que aparece demonstrando alguns dos movimentos no vídeo abaixo. 

Em diversas apresentações, como no intervalo do Super Bowl e no Coachella, Beyoncé trouxe, junto a suas bailarinas, passos utilizados no J-setting. Com isso, a cantora não só demonstrou estar atenta à cultura de seu país, como também levou ao mainstream o orgulho e talento do povo negro das Américas, responsável por criar boa parte dos ritmos musicais, de dança e outras manifestações artísticas que nós amamos. 

Ou seja, bota mais o J-setting aí no meio: já queremos aprender os passinhos! 

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest