Jay-Z: 10 músicas para celebrar os 50 anos de um dos maiores rappers da história
Entretenimento

Jay-Z: 10 músicas para celebrar os 50 anos de um dos maiores rappers da história

Ele voltou. Depois de dois longos anos fora do Spotify, Jay-Z está de volta ao serviço de streaming líder de mercado. Ele aproveitou o dia de seus 50 anos (sim, o rapper completa cinco décadas nesta quarta-feira, dia 4 de dezembro) para fazer um retorno triunfal e garantir que seu nome termine 2019 com bons números na plataforma.

Atualmente, Mr. Carter tem quase 8,5 milhões de ouvintes mensais no streaming sueco. A estatística deve aumentar consideravelmente agora que todos os álbuns do rapper estão disponíveis — desde “Reasonable Doubt” até “4:44”, passando por todos os "Blueprints" e outras obras entre eles.

Jay-Z completa 50 anos nesta quarta-feira, dia 4 de dezembro / Foto: Getty Images
Jay-Z completa 50 anos nesta quarta-feira, dia 4 de dezembro / Foto: Getty Images

Para comemorar 50 anos de Shawn Carter e seu retorno completo aos serviços de streaming além do Tidal, o Reverb escolheu algumas músicas para você aproveitar com gosto o repertório do pai de Blue Ivy, Sir e Rumi Carter.

‘99 Problems’ - ‘The Black Album’ (2003)
O que falar de uma música que já foi usada como referência até por Barack Obama? Durante o jantar dos correspondentes da Casa Branca, em 2013, o ex-presidente dos Estados Unidos ironizou as manchetes sensacionalistas que repercutiam uma visita feita pelo casal Carter à ilha de Cuba. "I've got 99 problems and now Jay-Z is one", brincou Obama, adaptando os versos da música ("Eu tenho 99 problemas e agora Jay-Z é um", em tradução livre).

‘Empire State of Mind’ - ‘The Blueprint 3’ (2009)
‘Empire State of Mind’
se tornou um fenômeno logo que saiu. Desde 2009, a parceria entre Jay-Z e Alicia Keys já foi usada milhões de vezes em legendas de fotos e afins para se referir à cidade de Nova York, de onde Hova é. A música levou o Grammy de melhor rap, em 2011.

‘Big Pimpin'’ - ‘Vol. 3... Life and Times of S. Carter’ (1999)
"Big Pimpin'" foi o single de maior sucesso do álbum “Vol. 3... Life and Times of S. Carter”. A faixa é considerada pela revista "Rolling Stone" como uma das 500 melhores músicas de todos os tempos. Salve o rap!

‘4:44’ - ‘4:44’ (2017)
A música que dá nome ao álbum de 2017 de Jay-Z é praticamente uma carta aberta de pedido de desculpas a Beyoncé. Depois que Queen B. lançou "Lemonade", em 2016, e todo o caso da traição de Jay-Z foi jogado no ventilador, o rapper aproveitou a faixa para refletir sobre seus atos. "Se meus filhos soubessem, o que eu faria?" e "De que vale um ménage à trois quando você tem sua alma gêmea?" são versos da música.

‘Dead Presidents II’ - ‘Reasonable Doubt’ (1996)
Faixa do álbum de estreia de Jay-Z, "Dead Presidents II" veio como uma segunda versão de uma música que havia sido lançada antes do projeto. As duas partes de "Dead Presidents" tinham a mesma melodia, mas letras quase inteiramente diferentes. O título é uma referência a dinheiro, já que presidentes americanos já mortos costumam figurar nas notas de dólares.

‘Song Cry’ - ‘The Blueprint’ (2001)
“Song Cry”
é aquela música que te faz chorar. Jay-Z usa os versos para refletir sobre um relacionamento que acabou. O rapper, na verdade, já deu entrevistas dizendo que a faixa foi inspirada pela experiência dele em três relacionamentos diferentes. “Song Cry” também ganhou uma versão no acústico MTV gravado pelo rapper em 2001.

‘Ni**as in Paris’ - ‘Watch The Throne’ (2011)
Um dos maiores hinos de "Watch The Throne", o álbum conjunto de Jay-Z com Kanye West. "Ni**as in Paris" tem samples de "Victory", de Puff Daddy com Notorious B.I.G. e Busta Rhymes, além de trechos de falas do filme “Escorregando para a Glória”. A música também detém um recorde para a dupla de rappers: foi cantada por 12 vezes seguidas durante uma performance ao vivo.

‘Tom Ford’ - ‘Magna Carta Holy Grail’ (2011)
"Tom Ford" é uma menção nominal ao estilista Tom Ford, responsável por desenhar alguns dos ternos mais chiques usados por astros americanos. Na época que a música foi lançada, ele disse, em uma entrevista, ter ficado lisonjeado por ter uma faixa de Jay-Z com se nome. Ah, e a música conta com backing vocals de Beyoncé, que é creditada, na faixa, com o nome de Third Ward Trill, um de seus alteregos.

‘Izzo (H.O.V.A.)’ - ‘The Blueprint’ (2001)
"Izzo" foi o primeiro single do álbum clássico de Jay-Z, "The Blueprint". Com a faixa, Hova teve sua primeira entrada na lista de "Hot 100" da "Billboard". A faixa, muitas vezes chamada de "H to the Izzo", foi produzida por Kanye West.

‘Holy Grail’ - ‘Magna Carta Holy Grail’ (2011)
Sabia que David Grohl e Kurt Cobain são creditados como coautores da música? Isso porque "Holy Grail", uma parceria de Jay-Z com Justin Timberlake, contém elementos de "Smells Like Teen Spirit", clássico dos clássicos do Nirvana.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest