Jonas Brothers, 'meninos' da era digital, lançam clube de discos de vinil para os fãs
Vinil

Jonas Brothers, 'meninos' da era digital, lançam clube de discos de vinil para os fãs

Os três integrantes do Jonas Brothers nasceram em plena era do CD (Kevin, o mais velho, é de 1987; Joe é de 1989, e Nick é de 1992). Mas o grupo formado em 2005, quando o download parecia ser capaz de enterrar de vez todos os formatos físicos, não está imune à onda retrô dos discos de vinil. O trio anunciou o lançamento do Jonas Vinyl Club, um serviço de assinatura, licenciado nos nomes dos irmãos Nick, Joe e Kevin, que garante aos "sócios" o recebimento de LPs e compactos, com preços a partir de 399 dólares (mais de R$ 1,5 mil, pela cotação atual).

Esse pacote básico dá aos fãs o direito a receber oito álbuns e dez singles, como os de "Lovebug" e "Hold On", além de outros produtos da banda, como cartazes e photobooks.

Jonas Brothers em vinil
Jonas Brothers em vinil

Por mais 200 dólares, os Jonas Brothers dão acesso ao Limited Edition Deluxe Club. São os mesmos álbuns em cores diferentes e mais cinco discos exclusivos em vinil colorido, pelo preço de 599 dólares (em torno de R$ 2,3 mil). O pacote de luxo é limitado a 1.500 assinantes.

“Esta é a primeira vez que a banda permite que sua música seja lançada em vinil (além de alguns singles de discos de imagem lançados há uma década e um lançamento em edição limitada do fã-clube do primeiro álbum da banda, ‘It's About Time’)”, anunciaram os Jonas Brothers, em comunicado oficial.

Jonas Brothers Kevin Kane Wire Image
Jonas Brothers Kevin Kane Wire Image

Os discos não serão enviados de uma vez, mas em quatro remessas (cinco, para os membros do Deluxe) durante cerca nove meses, com início em agosto. A prensagem fica por conta da Vinyl Moon, empresa californiana que fabrica discos de vinil.

Comprar discos de vinil se tornando membro de clubes de assinatura era uma atividade popular nos anos 1960. Em 1963, por exemplo, a divisão Columbia Record Club da Columbia Records, respondia por 10% do mercado de varejo de música dos Estados Unidos.

Anúncio do Columbia Record Club
Anúncio do Columbia Record Club

Atualmente, esses clubes vêm voltando na esteira do ressurgimento geral do mercado de vinil - as vendas nos EUA somaram 9,7 milhões em 2018, de acordo com o relatório anual de música do BuzzAngle, em um crescimento de 11,9% em relação aos 8,6 milhões vendidos em 2017.

Tags relacionadas:
Vinil BandaMúsica pop

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest