Karol Conka, Chico César, Belchior: veja as ilustrações musicais de Vitor Laurindo
Criatividade

Karol Conka, Chico César, Belchior: veja as ilustrações musicais de Vitor Laurindo

Pode falar, já virou tradição conhecer artistas visuais com trabalhos ligados à música no Reverb. Então, para continuar honrando o costume, aí vai mais um — e ele se chama Vitor Laurindo. Baiano da cidade de Barreiras, o designer gráfico, de 32 anos, largou a faculdade de Engenharia Ambiental para transformar o hobby de desenhar em profissão. Hoje, além do emprego formal, Vitor também se dedica a fazer ilustrações coloridas e sinestésicas de nomes da música brasileira. Mano Brown, Karol Conka, Belchior e Chico César são alguns dos músicos homenageados em imagens publicadas no Instagram do artista.

"Quando criança, eu revezava entre as aulas de violão e de pintura a óleo, e lembro de ser o único no meio de idosas fofinhas pintando natureza morta", ri Vitor, que cresceu rodeado de pinturas, colagens e costuras feitas pela mãe. Fã de desenho desde pequeno, foi na faculdade de Engenharia que ele percebeu a preferência por fazer cartazes para eventos e bandas em vez de estudar Cálculo.

Karol Conka ilustrada sob o olhar, sensibilidade e cores vistas por Vitor Laurindo. / Arte: Vitor Laurindo
Karol Conka ilustrada sob o olhar, sensibilidade e cores vistas por Vitor Laurindo. / Arte: Vitor Laurindo
Um dia me peguei fazendo uma associação de cores e som; foi quando pensei em criar um projeto para tentar ilustrar a minha visão da sonoridade ou da personalidade de cada artista que gosto

Com o tempo, o designer também se deu conta da influência do cancioneiro nacional em seu trabalho. "A música sempre foi bastante presente em minha vida e, dependendo do projeto em que estou trabalhando, o som que estou escutando influencia diretamente no processo de desenvolvimento", conta. "Um dia me peguei fazendo uma associação de cores e som; foi quando pensei em criar um projeto para tentar ilustrar a minha visão da sonoridade ou da personalidade de cada artista que gosto". E assim nasceu o estilo tropical, refrescante e bastante característico das artes musicais de Vitor.

Embora as principais inspirações do artista baiano sejam os trabalhos dos próprios músicos, obras psicodélicas dos anos 1970 feitas pelo americano Wes Wilson e artes tropicalistas de Rogério Duartetambém são referência para Vitor. Sempre testando novas técnicas, cada desenho carrega um pouco do homenageado e do próprio designer. "Eu escolho os cantores que mais estou escutando no momento ou aquela música que estou cantarolando na cabeça o dia todo", ele explica. "Um tempo atrás, passei por um período só no rap; quando voltei do almoço na casa da minha mãe, Belchior não saía da cabeça; hoje, estou viciado no novo álbum de Chico César e assim vai".

Mano Brown acompanhado de alguns versos de "Vida Loka, Pt. 1", dos Racionais MC's. / Arte: Vitor Laurindo
Mano Brown acompanhado de alguns versos de "Vida Loka, Pt. 1", dos Racionais MC's. / Arte: Vitor Laurindo

"Tem muita gente que estou doido pra desenhar! Artistas que adoro como Tom Zé, Gil, Elis, Elza, Caetano, Alceu, Moraes Moreira", diz Vitor, que teve a arte de Chico César repostada pelo perfil oficial do cantor no Instagram.

Veja todos os artistas já homenageados por @vitordouradolaurindo:

Ilustração repostada pelo próprio Chico César no Instagram. / Arte: Vitor Laurindo
Ilustração repostada pelo próprio Chico César no Instagram. / Arte: Vitor Laurindo
Belchior com os cabelos ao vento em azul, amarelo e lilás. / Arte: Vitor Laurindo
Belchior com os cabelos ao vento em azul, amarelo e lilás. / Arte: Vitor Laurindo
Criolo ao lado de versos de "Menino Mimado". / Arte: Vitor Laurindo
Criolo ao lado de versos de "Menino Mimado". / Arte: Vitor Laurindo
Baco Exu do Blues bem azul junto a um trecho de "Bluesman". / Arte: Vitor Laurindo
Baco Exu do Blues bem azul junto a um trecho de "Bluesman". / Arte: Vitor Laurindo
Coloridíssimo, Rincon Sapiência aparece vibrante como é "Coisas de Brasil". / Arte: Vitor Laurindo
Coloridíssimo, Rincon Sapiência aparece vibrante como é "Coisas de Brasil". / Arte: Vitor Laurindo
Forte como BaianaSystem, Russo Passapusso parece cantar "Oxe, Como Era Doce" com os olhos. / Arte: Vitor Laurindo
Forte como BaianaSystem, Russo Passapusso parece cantar "Oxe, Como Era Doce" com os olhos. / Arte: Vitor Laurindo
Inspirado pela música "Boca de Groselha", Vitor criou uma versão gráfica e supercolorida do músico Curumin. / Arte: Vitor Laurindo
Inspirado pela música "Boca de Groselha", Vitor criou uma versão gráfica e supercolorida do músico Curumin. / Arte: Vitor Laurindo

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest