'La Casa de Papel': as músicas da série que não saem da nossa cabeça
Entretenimento

'La Casa de Papel': as músicas da série que não saem da nossa cabeça

A terceira temporada de "La Casa de Papel" já tem data para estrear: as "férias" do grupo de ladrões terminam no dia 19 de julho. Até lá, há tempo de sobra para maratonar as duas primeiras partes da série, disponíveis na Netflix. Outra forma de reviver os acontecimentos da trama é escutando às músicas que serviram como plano de fundo para as aventuras do maior roubo da história. Afinal, há como ouvir "Bella Ciao" e não relacionar com a clássica cena entre o Professor e Berlim?

De certo, não há. "Bella Ciao", originalmente, é uma canção sobre a resistência francesa escrita em 1943, batizada inicialmente como “La Complaine du Partisan”. Depois de "La Casa de Papel", entretanto, poucos se recordam desse fato. A música ficou marcada para sempre por conta do programa e, especialmente para quem vive no Brasil, pela versão funk lançada pelo Mc MM, "Só Quer Vrau".

Para além de "Bella Ciao", a trilha sonora da trama é repleta de outras músicas que ficaram gravadas em nossas cabeças. A canção que aparece na abertura da série, "My Life Is Going on", de Cecilia Krull, é uma delas. Quando tocar novamente o refrão "I don't care at all, I am lost", já sabe: todos vão cantar em coro e se emocionar porque os episódios novos estão batendo em nossas portas.

"La Casa de Papel" envolve dramas pessoais e coletivos, momentos de tensão e um corre corre natural de uma trama que fala sobre um roubo gigantesco. Portanto, músicas com alta carga dramática são esperadas. Mas quem disse que não há espaço para alívios cômicos? Ou cenas de romance — aliás, há muitas — e alegria? Como exemplo, o reggaeton "Boom", de Ofi La Melodía, "Bamboo Moon", dos Mutants, e "Fado Boêmio e Vadio", de Piedade Fernandes.

Antes de concluírem a missão, os anti-heróis passaram por situações em que todo o plano parecia desmoronar. Nessas horas entrava a faixa instrumental (e muito tensa) "Avenged", de Adam Salkeld e Neil Pollard. Mas, graças à santa Netflix, o time do Professor saiu vitorioso de um roubo bem-sucedido. Portanto, nada mais pertinente do que uma canção para a vitória: a escolhida foi "Upswing", de Anthony Ranere.

Até 19 de julho, há muito o que se pensar sobre os caminhos tomados por Tóquio, Berlim, Rio, Denver, Nairóbi e os outros integrantes do assalto. A Netflix nos deixou ao menos uma provinha do que vem por aí: um teaser de 31 segundos. O jeito é assistir e esperar.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest