Lana Del Rey canta Sublime? Conheça os covers mais inesperados da cantora
Entretenimento

Lana Del Rey canta Sublime? Conheça os covers mais inesperados da cantora

Enquanto finaliza e se prepara para lançar sucessor de “Lust For Life”, de 2017, Lana Del Rey tira um momento ou outro para deixar os fãs ansiosos nas redes sociais. Seja com pequenos trechos de músicas novas, ou com covers, a cantora sabe como criar um burburinho a seu favor, mesmo que isso signifique fazer algo totalmente inesperado, como, por exemplo, gravar uma versão de uma faixa do... Sublime.

Nesta terça-feira (7), Lana publicou um vídeo no Instagram na qual canta “Doin' Time”, da banda californiana criada em 1988. Ela deve saber — afinal, como não saberia? — que parte de sua jovem base de seguidores sequer conhece o grupo que mistura ska punk com reggae. Mas é uma oportunidade de ficar por dentro do som dos caras graças a ela, não é mesmo? Lana Del Rey também é cultura, minha gente.

Instagram URL not provided

Tanto é que ela costuma gravar covers de cantores mais antigos e atemporais, que inspiraram seu trabalho de alguma forma — não necessariamente estamos falando de artistas que representem o mesmo gênero musical do que ela, ok? Abaixo, reunimos algumas dessas versões inesperadas de Lana. Veja:

‘Chelsea Hotel No. 2’, de Leonard Cohen

Pode parecer inesperado que Lana Del Rey interprete Leonard Cohen, mas se tratando de uma música de amor, nem tanto. “Chelsea Hotel No. 2” fala sobre o breve romance que o Cohen teve com ninguém menos do que Janis Joplin. E isso, sim, é inesperado, pois é pouco provável que os fãs de Lana saibam que um dia esse “crush” (e “crash”) entre os dois rolou.

‘Heart Shaped Box’, do Nirvana

Del Rey mudou o arranjo do clássico do Nirvana, “Heart Shaped Box”, que ficou bem mais lento e melancólico, e não deve ter decepcionado Kurt Cobain no túmulo. Ponto para ela!

‘Blue Velvet’, lançada por Tony Bennett

Momento arriscadíssimo para Lana. “Blue Velvet”, canção escrita por Bernie Wayne e Lee Morris, lançada por Tony Bennett, mas eternizada na voz de Bobby Vinton, é tema do longa-metragem de mesmo nome do diretor e roteirista David Lynch. E quem quer estragar uma música que aparece em um filme clássico dos anos 1980? Ninguém. Mas ela se saiu bem e a versão ficou boa, tanto que entrou em seu segundo disco, “Paradise” (2012).

‘Don’t Let Me Be Misunderstood’ e ‘The Other Woman’, de Nina Simone

Ninguém é capaz de acertar todas as vezes, nem mesmo Beyoncé. Certo? Lana, por sua vez, erra todas as vezes que tenta interpretar uma música de Nina Simone. Mas ela insiste, infelizmente. “Don't Let Me Be Misunderstood” e “The Other Woman” foram parar em dois álbuns dela: “Honeymoon” (2015) e “Ultraviolence” (2014), respectivamente. Esperamos que agora ela pare.

‘You Must Love Me’, de Madonna

Para começar, a música não é exatamente da Rainha do Pop, mas ficou mundialmente conhecida por ser cantada em sua voz. “You Must Love Me” faz parte da trilha sonora do filme “Evita” (1996) e foi escrita pelo compositor Andrew Lloyd Webber. Gostamos da versão de Lana. Aprovada!

‘Once Upon a Dream’, da trilha de ‘A Bela Adormecida’

No filme “Malévola”, de 2014, Angelina Jolie convidou Lana para cantar o clássico “Once Upon a Dream”, da trilha sonora original de “A Bela Adormecida”. E, olha, essa é, sem dúvidas, a melhor cover já feito pela cantora. É tão boa que realmente dá vontade de cair no sono.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest