Lulu, aos 70 anos, revê sua poderosa lista de amores na música pop, que inclui Bowie e integrantes de Bee Gees e Monkees
Entretenimento

Lulu, aos 70 anos, revê sua poderosa lista de amores na música pop, que inclui Bowie e integrantes de Bee Gees e Monkees

Lulu tinha apenas 15 anos quando lançou seu primeiro hit, "Shout" (cover dos Isley Brothers), em 1964, com a banda The Luvvers. Passadas mais de cinco décadas, a cantora voltou a comentar sobre um dos nomes mais famosos que fez parte de sua poderosa lista de namorados e maridos: David Bowie. "Talvez eu tenha me apaixonado por ele por um minuto", disse ao site Daily Record. Aos 70 anos, a escocesa nascida em Glasgow está bem feliz morando sozinha e diz que não quer mais saber de namorados. "Por que eu deveria? Há alguns que eu até gostaria de ter namorado antes, mas não mais.”

Morando atualmente em Londres, Lulu diz que não tem mais vontade de viver com ninguém. "Eu era carente de companhia quando era mais jovem, me sentia sozinha quando viajava. Agora não", afirma.

Listamos alguns dos namorados mais famosos de Lulu, uns que se tornaram relacionamentos mais duradouros, outros só diversão:

Peter Noone

O grupo britânico Herman's Hermits também teve seu primeiro grande sucesso em 1964, "I’m Into Something Good". O vocalista Peter Noone era adolescente e a fama e a ligação comum da Escócia (a família de sua mãe era de Glasgow) aproximaram os jovens. Peter garante que foi uma ligação "casta". Ele disse: “Eu costumava dirigir de Manchester a Glasgow apenas para dar uma olhada nela. Eu sentia que tínhamos algo e me apaixonei".

Peter Noone: namorado na adolescência. Getty Images
Peter Noone: namorado na adolescência. Getty Images

Davy Jones

Os Monkees, que ganharam notoriedade principalmente graças à sua série de TV americana, convidaram Lulu para participar de um show em Wembley em 1967. Por causa da fama que já carregava, Lulu parecia prever que se envolveria numa furada mas, assim que se conheceram, "se deram bem". Mas ela descobriu que ele tinha uma namorada que, ainda por cima, estava grávida. Ela admitiu: “Eu me apaixonei por ele e pensei que ele gostava de mim. Só que ele já estava morando com aquela garota enquanto saía comigo e eu não tinha ideia. Fiquei com o coração partido".

Davy Jones quebrou o coração de Lulu. Getty Images
Davy Jones quebrou o coração de Lulu. Getty Images

Maurice Gibb

Lulu e Maurice Gibb (1949-2003), dos Bee Gees, se conheceram em 1968 nos bastidores do programa Top of the Pops. Ela tinha 20 anos e ele, 19 e parece ter sido amor à primeira vista. O casamento aconteceu em fevereiro de 1969 e o divórcio, em 1974. A bebida foi um dos problemas do casal, mas Lulu confessou que o casamento não era para ter acontecido. "Deveria ter sido apenas um romance. Quando eu falei que queria terminar, ele ficou muito machucado. Eu o amava e adorava totalmente, mas ... apaixonada por ele? Não, provavelmente estava apaixonada pelo amor."

Maurice e Lulu se casaram em 1969. Getty Images
Maurice e Lulu se casaram em 1969. Getty Images

David Bowie

Lulu tinha 24 anos quando gravou um single com duas músicas de Bowie: "The Man Who Sold the World" e "Watch That Man". E admitiu que estava “hipnotizada” pelo cantor que conheceu por acaso em um hotel de Sheffield no auge da fama de Ziggy Stardust . O caso nunca foi segredo e, inclusive, está em sua autobiografia de 2002, "I Don't Wanna Fight". "Já houve um casal mais estranho?", perguntou ela no livro.

Bowie disse que queria fazer um "motherfucker" de um disco com ela: "Você é uma grande cantora!". Ela não levou muito a sério a conversa do novo amante, mas dois dias depois, ele ligou. "Não achei que 'The Man Who Sold The World' era a melhor coisa do mundo para minha voz. Uma canção como 'Can You Hear Me?', bem soul, seria mais a minha praia", lembra ela, mencionando a composição da mesma época, que ela gravou também e que Bowie registraria em 1975, no disco "Young Americans".

"No estúdio, Bowie ficava o tempo todo dizendo pra eu fumar mais cigarros, pra deixar a minha voz de um certo jeito." Bowie cantou, tocou guitarra e sax. Os Spiders From Mars estavam quase todos na sessão: Mick Ronson na guitarra, Trevor Bolder no baixo, Mike Garson ao piano... Ela gravou ainda "Dodo" e "Can You Hear Me?". O single com "The Man Who Sold The World" e "Watch That Man" saiu em janeiro de 1974 e alcançou o terceiro lugar na parada inglesa.

Lulu lembra que rolou mesmo química entre ela e Bowie: “Quando ele me dava atenção, me sentia a única pessoa na sala e no universo, foi a química sexual que nos uniu. Ele era simplesmente hipnotizante e tinha as melhores coxas que eu já vi”. O romance acabou, porém, porque ela não suportou o "estilo de vida drogado" de Bowie na época. "Nunca me senti muito confortável com isso", lamenta.

Lulu gravou duas músicas de Bowie, que achava hipnotizante. Getty Images
Lulu gravou duas músicas de Bowie, que achava hipnotizante. Getty Images

John Frieda

Após os excessos do show biz em seu primeiro casamento e o rock 'n' roll com Bowie, Lulu levou uma vida familiar convencional com o segundo marido John Frieda, que ela chama de "o amor de sua vida". Naquela época, ele era um assistente de salão de beleza em Londres, mas logo se tornaria um dos cabeleireiros de celebridades mais famosos do mundo. Eles eram amigos antes de namorar e se casaram em 1975. Dois meses depois, Lulu descobriu que estava grávida de seu único filho, Jordan. Ela reduziu o ritmo profissional para ser mãe, mas John estava construindo seu império, mudando-se, inclusive, para os EUA, enquanto ela permaneceu no Reino Unido. Eles deram um tempo em 1992. "Quando meu segundo casamento terminou, eu fiquei perdida, não tinha ideia do que ia fazer", lembra.

Lulu e seu segundo marido, Jonh Frieda. Getty Images
Lulu e seu segundo marido, Jonh Frieda. Getty Images

Jason Orange

Após seu segundo casamento, Lulu teve alguns relacionamentos com homens mais jovens. Quando ela gravou "Relight My Fire" com o Take That - então a maior boy band do mundo - em 1993, surgiu o boato que estaria namorando Jason Orange. Eles nunca assumiram, só diziam que tinham um "relacionamento especial". Ela afirmou: "Ele é muito, muito fofo, mas não, nada aconteceu". Mas Howard, companheiro de banda de Jason, não foi nada discreto - e até grosseiro - durante uma entrevista na BBC1. O apresentador Jonathan Ross perguntou sobre Lulu e ele apontou para Jason, dizendo que eles é que haviam transado.

Jason Orange, do Take That: "nada aconteceu". Getty Images
Jason Orange, do Take That: "nada aconteceu". Getty Images

Angus Macfadyen

O ator Angus Macfadyen entrou para a poderosa lista de Lulu na época de "Coração Valente", quando a cantora gravou a canção-título do filme em que Macfadyen interpreta o rei Roberto I. "Foi o melhor sexo que eu já tive. Meu Deus, ele acendeu meu fogo!", brincou. Recentemente, no lançamento de "Robert The Bruce", onde o ator vive novamente o rei da Escócia, ela disse: “Angus e eu tivemos um relacionamento alguns anos atrás. E ainda somos bons amigos".

Angus Macfadyen acendeu o fogo de Lulu. Getty Images
Angus Macfadyen acendeu o fogo de Lulu. Getty Images

Stuart Manning

Quando Lulu foi fotografada na festa de Victoria e David Beckham na Copa do Mundo em 2002 com o jovem ator, os fofoqueiros de plantão se coçaram por conta da diferença de idade. Ela tinha 53 anos e ele, 21 anos. Ela nunca revelou detalhes sobre o relacionamento e na época, disse: “Ele é um cara adorável, divertido, nada muito sério. Eu gosto de rapazes e também de homens da minha idade — não discrimino quando se trata de idade".

Stuart Manning: sem detalhes. Getty Images
Stuart Manning: sem detalhes. Getty Images

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest