Música para plantas 'ouvirem': conheça o fascinante e cultuado disco 'Plantasia', resgatado dos anos 1970
Inspiração

Música para plantas 'ouvirem': conheça o fascinante e cultuado disco 'Plantasia', resgatado dos anos 1970

Música feita para as plantas escutarem. Um conceito que só poderia surgir em um único lugar, durante uma única era: a Califórnia da década de 1970. O álbum "Mother Earth's Plantasia", do compositor Mort Garson, foi lançado em 1976 e acabou se perdendo em meio a tantas outras excentricidades que lotavam as lojas de discos da época. No entanto, ao longo das mais de quatro décadas que se passaram, o LP ganhou um ainda mais estranho status "cult", que deve crescer com um relançamento remasterizado em vinil, neste mês, pela gravadora Sacred Bones. É o recomeço da inusitada história de um disco hoje cultuado por DJs, roqueiros e produtores de música eletrônica.

Definido como "música acolhedora da terra para plantas e para pessoas que as amam", "Mother Earth's Plantasia" (ou apenas "Plantasia") era composto de sons 100% produzidos por um Moog — o aparelho modular que, nos anos 1970, era o mais sofisticado sintetizador do mercado. Texturas e efeitos sonoros similares aos criados por Garson são até hoje encontrados no hip-hop, eletrônica ambient e uma infinidade de subgêneros do techno. "O disco tem um som muito misterioso, mas ao mesmo tempo muito familiar", conta Caleb Braaten, fundador da Sacred Bones. "É por isso que as pessoas têm uma conexão tão forte com 'Plantasia'."

O produtor e DJ James Pants, um dos fãs do álbum de Garson, concorda. Ele conheceu "Plantasia" em 2000 e procurou em sebos por quase dez anos até conseguir comprar uma cópia. Foi quando notou que a maioria de seus amigos DJs também tinham exemplares do disco. "A ideia que inspirou o LP — música feita para plantas — foi o que interessou as pessoas no início. Mas o tempo passou e as pessoas passaram a se interessar apenas pela música de Garson. 'Plantasia' tem uma 'vibe' que eu venho perseguindo minha vida toda, um certo estilo meio brega, mas muito profundo. É celestial."

Mas quem afinal foi Mort Garson? Filho de imigrantes russos, nascido no Canadá em 1924, Garson foi criado em Nova York, onde cursou a prestigiada escola de música Juilliard. Multitalentoso, trabalhou como músico profissional e chegou a emplacar uma composição sua ("Our Day Will Come", lançada pelo grupo Ruby & The Romantics) no topo da parada americana em 1962. Em 1967, ele conheceu Robert Moog, o inventor do sintetizador homônimo, e sua vida mudou. Estudando a fundo a invenção de Moog, passou a compor jingles publicitários e trilhas sonoras com o instrumento eletrônico. Antes de "Plantasia", também lançou álbuns autorais como "Black Mass" (1971) e "The Unexplained" (1975). Até 2008, o ano de sua morte, Garson continuou a fazer música com o Moog.

Mort Garson e o gigantesco sintetizador Moog
Mort Garson e o gigantesco sintetizador Moog

A ideia de gravar sons para ser apreciados por plantas nasceu do encontro de Garson com os fundadores da Mother Earth Plant, uma loja de plantas criada no coração hippie de Los Angeles. Estudante de ocultismo, o músico topou criar um disco promocional para a loja; o vinil trazia, em seu encarte, belas ilustrações da natureza e um guia de cuidados com plantas ornamentais. Pouco depois de ser lançado, "Plantasia" caiu no esquecimento por duas décadas - quando DJs e produtores começaram a desencavar álbuns bizarros dos anos 50, 60 e 70 em busca de influências.

Em seu trabalho de estreia, o hoje também cultuado "Endtroducing" (1996), DJ Shadow usou um sample de "Planetary Motivations (Cancer)", uma composição de Garson. Foi o estopim para o redescobrimento da obra do músico, a partir de uma internet ainda incipiente. "Milhares de pessoas passaram a ouvir 'Plantasia' via YouTube. Cópias do LP original passaram a valer centenas de dólares", lembra Braaten, da Sacret Bones. Agora, novamente em vinil, o estranho e cativante universo de Mort Garson está pronto para se expandir.

A capa do álbum 'Plantasia' / Foto: Reprodução
A capa do álbum 'Plantasia' / Foto: Reprodução

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest