Na China, ‘Bohemian Rhapsody’ sofreu tanta censura que não faz mais sentido
Entretenimento

Na China, ‘Bohemian Rhapsody’ sofreu tanta censura que não faz mais sentido

O sucesso de bilheteria “Bohemian Rhapsody”, cinebiografia de Freddie Mercury e do Queen vencedora de quatro Oscars, chegou aos cinemas chineses no último dia 22 de março. Infelizmente, como inúmeros filmes ocidentais que são exibidos no país, este foi severamente censurado pelas autoridades locais. O que é motivo para muito lamento.

De fato, a homossexualidade continua sendo um grande tabu na China, mesmo depois da aprovação da lei de 1997 que descriminaliza o sexo entre pessoas do mesmo gênero. Em 2001, a homossexualidade foi removida da lista de doenças mentais no país — 11 anos depois de a Organização Mundial da Saúde ter feito o mesmo.

Seis cenas censuradas ou deletadas

Apesar da maior abertura para diversidade no país, a China censurou todas as falas que diretamente ou abertamente mencionam a sexualidade do vocalista do Queen. Alguns desses diálogos foram modificados, com “orientação sexual” se tornando “vida sexual”, por exemplo. Uma frase dita por Mary Austin (Lucy Boynton), “Não, Freddie, você é gay”, foi completamente apagada. Quando o cantor revela aos seus colegas de banda que tem HIV, o som é quase imperceptível e não fica claro sobre qual doença ele está falando.

De acordo com a CNN, o filme foi tão censurado pelas autoridades chinesas que, em algumas partes, a narrativa deixa de fazer sentido e o público simplesmente não consegue entender a história. De fato, os correspondentes da rede identificaram seis cenas LGBT que foram cansuradas ou apagadas — como aquela em que Freddie beija Jim, por exemplo.

A censura não é tão surpreendente quando lembramos que a plataforma de vídeo chinesa Mango TV adaptou as legendas de um discurso feito por Rami Malek, intérprete de Freddie Mercury, na cerimônia do Oscar em fevereiro. Na fala do ator, o filme não era mais dedicado a um “homem homossexual”, mas a um “grupo especial”. Isso prova que, mesmo diante das mudanças nas leis, que a homossexualidade continua sendo um assunto muito delicado para a China.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest