Na hora do sexo, música é mais importante que vinho e lingerie, diz pesquisa
Entretenimento

Na hora do sexo, música é mais importante que vinho e lingerie, diz pesquisa

Segundo pesquisa encomendada pela plataforma de streaming musical Deezer, para 52% dos brasileiros, ouvir uma boa música é mais importante do que beber vinho ou vestir uma lingerie especial na hora do “vamo ver”.

Realizada em parceria com a especialista, escritora e colunista internacional de sexo, Tracey Cox, a pesquisa também apontou que diminuir as luzes do ambiente (escolhida por 36% dos entrevistados), tomar um drink (queridinha de 13%) e comer chocolate (citada por 8%) são outras excelentes artimanhas para entrar no clima.

E não acaba por aí: 92,3% dos brasileiros entrevistados consideram que música durante o sexo pode melhorar a performance e, para 60%, o ritmo é o fator principal para isso acontecer, seguido por melodia (45%) e batidas por minuto (33%).

"Neurocientistas descobriram que a maioria das pessoas responde mais a uma batida quando é tocada por instrumentos graves", diz Tracey. "Fisiologicamente, os corpos das pessoas gostam de sons graves profundos, que, se altos o suficiente, também produzem vibração, tornando-se poderosamente excitantes".

Tags relacionadas:
EntretenimentoPesquisaSexo

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest