Nipsey Hussle: rapper assassinado recebe homenagens em murais espalhados por Los Angeles
Inspiração

Nipsey Hussle: rapper assassinado recebe homenagens em murais espalhados por Los Angeles

0

Publicidade

Indicado ao Grammy deste ano na categoria melhor álbum de rap, Nipsey Russle morreu ao ser alvejado por tiros no fim de março, em Los Angeles. A morte precoce comoveu artistas e fãs, que acabaram espalhando pela cidade luz homenagens tão valiosas quanto um gramofone dourado. De lá para cá, o rapper, ativista e empreendedor se tornou tema de muros, fachadas de prédios e até teve o rosto ilustrado no chão de uma quadra de basquete da cidade onde nasceu — e para a qual muito contribuiu.

RAP É COMPROMISSO: Assassinado, Nipsey Hussle usava o rap para ajudar comunidade em que cresceu

LEIA TAMBÉM: 50 Cent vendeu mansão com 52 cômodos para doar dinheiro à caridade

Os murais coloridos e em preto e branco incluem ilustrações de Nipsey ao lado de frases inspiradoras, acompanhado de asas de anjo ou mesmo com um olhar sonhador em direção ao horizonte: tudo para eternizar o legado de solidariedade do rapper e fazer com que o espírito generoso dele continue a estimular as pessoas mesmo depois de morto. 

Mural de Nipsey Hussle feito em muro de Los Angeles / Foto: Reprodução Instagram
Mural de Nipsey Hussle feito em muro de Los Angeles / Foto: Reprodução Instagram
O mundo está se unindo por causa dele; você pode ver pelo renascimento dos murais

“Como um muralista, a minha filosofia é que podemos fazer nossa parte hoje com o que temos agora”, diz Levi Ponce, um dos artistas responsáveis pelos murais, em entrevista à “Billboard”. “No meu caso, eu sou um pintor e eu pinto nas ruas. Nipsey foi capaz de elevar o potencial das coisas, ele desviou do próprio caminho para ajudar a comunidade. Para mim, isso é motivação e inspiração. Eu precisei colocar minha tinta nas paredes assim que ouvi a má notícia”.

“O mundo está se unindo por causa dele; você pode ver pelo renascimento dos murais”, diz o CEO da Liga de Basquete do bairro de Venice, Nick Ansom, que organizou um projeto para criar uma quadra de basquete em memória de Nipsey Hussle, um gesto de gratidão ao apoio que o autor do álbum “Victory Lap” (2018) deu ao esporte da região. Ele costumava promover jogos com verba direcionada à caridade. “Ele era um apaixonado por basquete”, conta.

Segundo Hattie Mitchell, diretora da escola que aceitou abrigar uma das artes em homenagem a Nipsey, as obras também se tornaram locais para relembrar o artista e passar pelo luto  / Foto: Reprodução Instagram
Segundo Hattie Mitchell, diretora da escola que aceitou abrigar uma das artes em homenagem a Nipsey, as obras também se tornaram locais para relembrar o artista e passar pelo luto / Foto: Reprodução Instagram

Ansom juntou parceiros, desenhou a ideia que tinha para o mural e procurou o artista Gustavo Zermeno Jr. para executá-la. Cerca de 40 pessoas se reuniram para ajudar com a pintura e a obra ficou pronta em poucas semanas. “Essa obra é hip-hop, basquete e arte: tudo em um”, diz o CEO.

Hattie Mitchell, diretora da Crete Academy (escola que aceitou abrigar a arte-tributo no chão da quadra), se emocionou ao falar sobre a influência positiva de Nipsey nos estudantes. “A maioria das pessoas estão vindo acompanhadas da família para tirar fotos no mural, mas teve um indivíduo que veio e manteve os ombros rígidos e a cabeça baixa. Naquele momento, eu percebi que o nosso memorial é um lugar para relembrar alguém, sentir seu espírito e viver o luto”, afirmou.

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais