O maestro Felipe Prazeres indica... Braza
Eles Indicam

O maestro Felipe Prazeres indica... Braza

Felipe Prazeres é o violinista spalla da Orquestra Petrobras Sinfônica (Opes). Na hierarquia da filarmônica, ele é o segundo membro mais importante, atrás somente do maestro, Isaac Karabtchevsky - a quem costuma substituir em alguns concertos. Mesmo imerso no universo clássico, Felipe se mostra bastante eclético quando o assunto é ouvir música.

“Vale indicar dois nomes? Tenho escutado muito Braza e Far From Alaska. São duas bandas novas, mas que já fazem shows pelo país todo, têm discos lançados e são sucesso nas plataformas de streaming”, escolhe o músico, em entrevista ao Reverb, antes de indicar “Segue o baile”, do Braza, e “Relentless Game", do Far From Alaska, como as suas preferidas.

O violinista, marido da atriz Carol Castro, conta que conheceu o trabalho das duas bandas através da própria Opes, quando a orquestra regravou faixas deles em versões sinfônicas, como parte do projeto ‘O Clássico é’.

Banda Braza é formada por ex-integrantes do For Fun / Marcel Favery / Divulgação
Banda Braza é formada por ex-integrantes do For Fun / Marcel Favery / Divulgação

O Braza é um grupo formado por Vitor Isensee, Nícolas Christ e Danilo Cutrim, todos os três ex-membros do For Fun, banda que fez sucesso no começo dos anos 2000, principalmente na cena carioca. Com cinco faixas, o EP “Liquidificador”, lançado este ano, é o terceiro trabalho produzido em estúdio pelo trio. A mente por trás do projeto é o produtor Kassin, conhecido por trabalhos com Los Hermanos e Vanessa Da Mata.

Mais conhecida no cenário nacional, o Far From Alaska foi formado em 2012, em Natal. Apesar de ser brasileiro, o grupo canta em inglês. Em 2015, foram convidados para tocar no Lollapalooza e, no ano passado, divulgaram seu álbum mais recente, “Unlikely”.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest