'O Nome Dela é Jenifer': Gabriel Diniz fala sobre a música do verão
Entretenimento

'O Nome Dela é Jenifer': Gabriel Diniz fala sobre a música do verão

A música do verão já tem um nome. O nome dela é “Jenifer”. Se vai reinar sozinha, ainda é cedo para dizer, mas o hit de Gabriel Diniz lançado em setembro do ano passado explodiu e já ocupa o topo das paradas. No Spotify, é a música mais tocada no Brasil, com mais de 800 mil reproduções diárias. O tamanho do sucesso pegou até o intérprete de surpresa. “Esperava que fosse dar certo, mas não nessa proporção”, diz, em entrevista ao Reverb.

“Jenifer” segue o caminho de músicas como “Anna Julia”, de Los Hermanos, “Dani”, do Biquíni Cavadão, sucessos no coro popular e intituladas com nomes próprios — algo que não deve agradar muito os homônimos da vida real. Criada por um grupo de compositores de Goiânia, a canção estava com o destino traçado para as mãos de Gusttavo Lima. Depois, teve os direitos autorais revendidos para Gabriel, que agora vê “a garota que encontrou no Tinder” ser conhecida por milhões de pessoas. O vídeo oficial da música já tem quase 80 milhões de reproduções no YouTube.

“Tudo tem hora e momento certo para acontecer, se a gente corre atrás, o que é nosso chega até nós, graças a Deus”, afirma Gabriel. O cantor nasceu em Campo Grande (MS), mas cresceu em João Pessoa, onde a carreira ganhou forma e o fez alavancar. “Estou muito feliz, agradecido e confiante de que trabalho duro traz bons frutos”.

Se na música Gabriel brinca com o uso de aplicativos de encontros, na vida pessoal o tom é outro. Namorando, ele brinca que não importam os meios se “você vai dar uma chance para o amor”. Mesmo sem uma “Jenifer”, ele não nega que já tenha usado o Tinder: “Quem nunca teve a curiosidade de entrar e conhecer como funciona um aplicativo”, brinca.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest