O presente do rock é feminino: 9 bandas brasileiras com mulheres no poder
Inspiração

O presente do rock é feminino: 9 bandas brasileiras com mulheres no poder

Publicidade

Sem ser Os Mutantes, quantas bandas brasileiras de rock, punk ou heavy metal com pelo menos uma mulher na formação você conhece? Poucas? Se a resposta foi "sim", não existe data melhor que o Dia do Rock para conhecer grupos do Brasil inteiro em que mulheres representam todo o poder do protagonismo feminino na música.

'GIRL POWER': Hi Hat Girls: iniciativa promove aulas gratuitas de bateria para garotas de todas as idades

LEIA TAMBÉM: Pioneiras do feminismo no rock, Bikini Kill e Joan Jett tocam 'Rebel Girl' juntas; assista

Com base na planilha criada a partir da iniciativa das produtoras Hannah Carvalho e Letícia Thomas — fundadoras do selo independente PWR Records, de Recife, dedicado a potencializar a criatividade feminina na música —, separamos 9 nomes para quem tem vontade de ouvir, conhecer ou expandir playlists (e horizontes) com canções de grupos nacionais compostos por pelo menos uma mulher entre os integrantes.

Melyra é uma banda carioca de heavy metal formada apenas por mulheres / Foto: Divulgação
Melyra é uma banda carioca de heavy metal formada apenas por mulheres / Foto: Divulgação

Far From Alaska

Fundada em Natal, no Rio Grande do Norte, a banda formada por Emmily Barreto, Cris Botarelli, Rafael Brasil e Lauro Kirsch ganhou o carinho do público nacional com seu stoner rock e presença de palco marcante.

Melyra

Banda carioca de heavy metal clássico, a Melyra conta com uma formação 100% feminina que entrega sons pesados e bem-elaborados. Surpresa? Nenhuma.

Charlotte Matou um Cara

Banda punk feminista de São Paulo composta por Andrea (no vocal), Dori (na bateria), Katharina (no baixo) e Nina (na guitarra), Charlotte Matou um Cara une acidez, agressividade e tudo o que há de bom para bater bastante cabeça e pular bastante em mosh pits.

Bettercup

Do Recife para o mundo do hard rock, a Bettercup traz o vocal feminino de Larissa Moura para o cenário interessante de bandas desse gênero musical com letras escritas em português.

Integrantes da banda paulista de punk feminista Charlotte Matou Um Cara / Foto: Reprodução Instagram
Integrantes da banda paulista de punk feminista Charlotte Matou Um Cara / Foto: Reprodução Instagram

A Mentira Oculta

Para os fãs de faixas mais pesadas, a banda goianiense de technical deathcore A Mentira Oculta oferece várias opções e ainda conta com a bateria nas mãos de Ary Drummer e o baixo a cargo de Carol Mendes.

Def

Atualmente com Deb Ferreira (também produtora musical) no vocal e na guitarra-base, e Duda Ribeiro na guitarra-solo, a banda de rock alternativo é uma das melhores representantes do cenário da música independente do Rio de Janeiro.

Vocífera

Banda de death/thrash metal de Pernambuco, a Vocífera traz todo o poder do metal nordestino com Ray Torres (vocal), Erika Mota (guitarra), Lidiane Pereira (guitarra), Eveline Torres (baixo) e Marcella Tiné (bateria).

Napkin 

Duo curitibano formado pelas instrumentistas e cantoras Natana Alvarenga e Kimberly Neves, a Napkin produz um rock alternativo capaz de conquistar grandes públicos pelo Brasil afora.

BBGG

Mais uma para a conta dos grupos de formação 100% de mulheres, a BBGG representa o punk e o garage rock de São Paulo com o comprometimento típico de musicistas apaixonadas pelo que fazem.

O que é rock pra você?
Para nós, rock não é um gênero musical, é atitude! Um comportamento, um jeito diferente de ver as coisas.
Com um olhar rock da vida, o Reverb se uniu à Heineken para entregar o tipo de conteúdo que, só de ler, já conseguimos ouvir, cantar e dançar. Afinal, o rock não vem do palco, vem de você.
 

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest