O presente do rock é feminino: 9 bandas brasileiras com mulheres no poder
Heineken Rock

O presente do rock é feminino: 9 bandas brasileiras com mulheres no poder

Sem ser Os Mutantes, quantas bandas brasileiras de rock, punk ou heavy metal com pelo menos uma mulher na formação você conhece? Poucas? Se a resposta foi "sim", não existe data melhor que o Dia do Rock para conhecer grupos do Brasil inteiro em que mulheres representam todo o poder do protagonismo feminino na música.

Com base na planilha criada a partir da iniciativa das produtoras Hannah Carvalho e Letícia Thomas — fundadoras do selo independente PWR Records, de Recife, dedicado a potencializar a criatividade feminina na música —, separamos 9 nomes para quem tem vontade de ouvir, conhecer ou expandir playlists (e horizontes) com canções de grupos nacionais compostos por pelo menos uma mulher entre os integrantes.

Melyra é uma banda carioca de heavy metal formada apenas por mulheres / Foto: Divulgação
Melyra é uma banda carioca de heavy metal formada apenas por mulheres / Foto: Divulgação

Far From Alaska

Fundada em Natal, no Rio Grande do Norte, a banda formada por Emmily Barreto, Cris Botarelli, Rafael Brasil e Lauro Kirsch ganhou o carinho do público nacional com seu stoner rock e presença de palco marcante.

Melyra

Banda carioca de heavy metal clássico, a Melyra conta com uma formação 100% feminina que entrega sons pesados e bem-elaborados. Surpresa? Nenhuma.

Charlotte Matou um Cara

Banda punk feminista de São Paulo composta por Andrea (no vocal), Dori (na bateria), Katharina (no baixo) e Nina (na guitarra), Charlotte Matou um Cara une acidez, agressividade e tudo o que há de bom para bater bastante cabeça e pular bastante em mosh pits.

Bettercup

Do Recife para o mundo do hard rock, a Bettercup traz o vocal feminino de Larissa Moura para o cenário interessante de bandas desse gênero musical com letras escritas em português.

Integrantes da banda paulista de punk feminista Charlotte Matou Um Cara / Foto: Reprodução Instagram
Integrantes da banda paulista de punk feminista Charlotte Matou Um Cara / Foto: Reprodução Instagram

A Mentira Oculta

Para os fãs de faixas mais pesadas, a banda goianiense de technical deathcore A Mentira Oculta oferece várias opções e ainda conta com a bateria nas mãos de Ary Drummer e o baixo a cargo de Carol Mendes.

Def

Atualmente com Deb Ferreira (também produtora musical) no vocal e na guitarra-base, e Duda Ribeiro na guitarra-solo, a banda de rock alternativo é uma das melhores representantes do cenário da música independente do Rio de Janeiro.

Vocífera

Banda de death/thrash metal de Pernambuco, a Vocífera traz todo o poder do metal nordestino com Ray Torres (vocal), Erika Mota (guitarra), Lidiane Pereira (guitarra), Eveline Torres (baixo) e Marcella Tiné (bateria).

Napkin

Duo curitibano formado pelas instrumentistas e cantoras Natana Alvarenga e Kimberly Neves, a Napkin produz um rock alternativo capaz de conquistar grandes públicos pelo Brasil afora.

BBGG

Mais uma para a conta dos grupos de formação 100% de mulheres, a BBGG representa o punk e o garage rock de São Paulo com o comprometimento típico de musicistas apaixonadas pelo que fazem.

O que é rock pra você?
Para nós, rock não é um gênero musical, é atitude! Um comportamento, um jeito diferente de ver as coisas. Com um olhar rock da vida, o Reverb se uniu à Heineken para entregar o tipo de conteúdo que, só de ler, já conseguimos ouvir, cantar e dançar. Afinal, o rock não vem do palco, vem de você.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest