Oito fãs sortudos que tocaram com suas bandas favoritas
Entretenimento

Oito fãs sortudos que tocaram com suas bandas favoritas

A chance de conhecer um grande ídolo já deixa fãs nervosos, sejam eles da idade que forem. Agora imaginem ter a chance de subir ao palco durante o show do seu artista ou banda favorito e, para completar, tocar com eles? Pois esse tipo de sorte existe e alguns admiradores pelo mundo podem dizer que tiraram esse bilhete premiado: ser escolhido entre milhares de pessoas para se apresentar com um ídolo.

O ‘cara do Kiss’ que deixou Dave Grohl perplexo

Todo mundo sabe que Dave Grohl é o labrador do rock. Dono de um carisma impressionante, o ex-baterista do Nirvana não raro separa um momento do show do Foo Fighters para convidar um sortudo ao palco. Mas é provável que em nenhuma dessas vezes ele tenha se surpreendido tanto quanto durante uma apresentação em Austin, no Texas, em abril deste ano, quando chamou um fã caracterizado como Gene Simmons, do Kiss. O cara pegou a guitarra de Dave e deu um show à parte tocando “Monkeywrench”.

The Killers e o hit dos fãs

Palinha de fã em show do The Killers é quase tão certo quanto o hexa em 2022. Deixando de lado o otimismo exagerado, fato é que Brandon Flowers adora dar uma chance para os admiradores. Foi assim com a apresentadora Dedé Teicher no Lollapalooza de São Paulo em março deste ano. E em julho, ele fez de novo: convidou o sortudo François Ristorcelli, um jovem francês que estava na edição de Paris do festival, para tomar as baquetas em “For Reasons Unknown”.

O fã que quase ‘aposentou’ Chris Martin do Coldplay

"Eu acho que vou para casa agora", disse Chris Martin, líder do Coldplay, assim que um jovem fã começou a tocar em seu piano durante um show no festival Rock am Ring, na Alemanha, em 2017. Pouco antes, Chris havia visto o cartaz do garoto pedindo para tocar "Everglow" com ele e deixou o admirador subir ao palco. O talento do garoto é de impressionar.

O fã que levou a guitarra de John Mayer de presente

Não basta ter a sorte de ser chamado para tocar no palco com o ídolo, você ainda leva a guitarra dele de presente para casa. Foi o que aconteceu com um jovem chamado Austin, durante um show de John Mayer, na Filadélfia, em 2010. Ele tocou “Belief” e saiu com o instrumento pendurado no pescoço, um souvenir dado pelo próprio John.

O momento ‘criança fofa’ no palco do Green Day

A sorte sorriu para um fã do Green Day que estava em um show da banda em Chicago em 2009. "Você sabe tocar qual música e em que tom?", perguntou Billie Joe Armstrong do palco. O vocalista parece ter gostado da resposta porque convidou o garoto para o palco e ele fez bonito.

Metaleiro profissional por um dia

Um fã do Metallica decidiu pedir seu presente de aniversário a Lars Ulrich, baterista do grupo: tocar a introdução de "Seek and Destroy" no palco com a banda. Ele não foi lá um fenômeno com as baquetas, mas, ao que tudo indica, se divertiu.

O show de calouros do Linkin Park

Em 2008, Mike Shinoda decidiu fazer uma espécie de show de calouros durante uma apresentação do Linkin Park. Convidou alguém da plateia para tocar guitarra em “Faint”, mas, o primeiro “concorrente”, não conseguiu dar conta do recado. Na segunda tentativa, o fã se saiu bem e deu show ao lado da banda. No vídeo, ainda é possível ver Chester Bennington.

‘Alguém aí sabe tocar bateria?’

Para fechar essa lista com chave de ouro, talvez a mais inacreditável das histórias. O ano era 1973 e o The Who fazia um show em Daly City, na Califórnia. Em “Won’t Get Fooled Again”, o baterista Keith Moon desmaiou em cima da bateria. Foi quando Pete Townshend teve a ideia de perguntar se alguém da plateia poderia substituí-lo até o fim do show. Foi quando surgiu Scot Halpin, que recebeu uma dose de whiskey do produtor da turnê e completou o show no lugar de um dos maiores músicos da história do rock.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest