One World: Together At Home — Rolling Stones, Lady Gaga, Beyoncé e os melhores momentos do festival online
Coronavírus

One World: Together At Home — Rolling Stones, Lady Gaga, Beyoncé e os melhores momentos do festival online

Antes mesmo de começar a ser transmitido o One World: Together At Home já era um sucesso. O festival online, promovido pela Global Citizen em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e sob a curadoria de Lady Gaga, arrecadou cerca de US$ 127 milhões (cerca de R$ 635 milhões) para ajudar no combate ao coronavírus. Com participações de Paul McCartney, Beyoncé, Stevie Wonder, Rolling Stones, Shawn Mendes, Camila Cabello e dezenas de outros artistas. Se você não conseguiu assistir, a gente separou os melhores momentos do festival.

Lady Gaga canta Chaplin

A curadora do festival apareceu à vontade sentada ao piano em sua casa e de um show, literal e não literalmente. Gaga (34) apresentou uma versão de “Smile”, música de Charlie Chaplin (1889-1977) com letra de John Turner e Geoffrey Parsons. A cantora mostrou a já conhecida habilidade vocal se acompanhado ao piano.

Beyoncé alerta sobre a realidade

Queen Bey (38) não cantou, mas foi a artista que foi mais certeira na hora de mandar um recado. “Americanos negros pertencem desproporcionalmente a essa força-tarefa que não tem o luxo de trabalhar de casa. As comunidades afro-americanas têm sido duramente afetadas nesta crise. Aqueles que já tinham condições de saúde pré-existentes sofrem um risco ainda maior. Esse vírus está matando pessoas pretas aqui nos Estados Unidos em um número extremamente alto”, alertou a cantora, mostrando que a realidade de ser “um mundo unido dentro de casa” é bastante questionável.

Rolling Stones com air drums de Charlie Watts

Mick Jagger (76), Keith Richards (76), Ronnie Wood (72) e Charlie Watts (78) se juntaram, mesmo á distância, para uma tocar “You Can't Always Get What You Want”. Destaque para sempre elegante Charlie Watts, o mais velho ali, sentado entre maletas, tocando em uma bateria imaginária. O air drums que todo mundo sempre quis e nunca soube que queria.

Mãe e filha, Annie e Lola Lenox cantam Eurythmics

Annie (65) e Lola Lennox (30), mãe e filha, juntas, fizeram uma das melhores partes do festival. Se a intenção era levantar o ânimo das pessoas em casa, ouvir “There Must Be An Angel (Playing With My Heart)”, sucesso do Eurythmics, duo britânico formado por Annie e Dave Stewart nos anos 1980 e 1990. Performance linda, empolgante e cheia do talento das duas. Quando isso tudo passar, podemos pedir um trabalho conjunto?

Paul McCartney

Paul McCartney escolheu a música “Lady Madonna” para sua performance. A canção, lançada pelos Beatles em 1968, é uma homenagem às mulheres que lutam para conseguir pagar suas contas e alimentar seus filhos. Antes da apresentação, Paul mandou um recado aos líderes mundiais. “Vamos dizer a eles que precisamos fortalecer nossos sistemas de saúde ao redor do mundo para que crises como essa não aconteçam nunca mais”, disse.

Stevie Wonder

Stevie Wonder resgatou a bela “Lean On Me”, de Bill Withers, morto aos 81 anos no último dia 30 de março, para motivar todos os que assistiam ao One World: Together At Home. As gerações mais novas devem conhecer a música pela cover feita há uns anos na série de televisão “Glee”. “Às vezes, na vida, todos nós sentimos dor e tristeza. Mas, se tivermos sabedoria, sabemos que sempre haverá um amanhã. Conte comigo quando você não estiver forte e eu vou ser seu amigo e te ajudar a seguir em frente”, diz a letra. Para completar, Stevie emendou a música em “Love's In Need Of Love Today”, faixa de abertura do sublime álbum “Songs In The Key Of Life” (aliás, uma boa pedida para esse domingo, caso você já tenha ouvido ou não).

Billie Eilish & Finneas

“Eu amo essa música, ela está sempre no meu coração e sempre me faz sentir bem. Eu quero fazer com que vocês se sintam bem também”, disse Billie Eilish antes de cantar “Sunny”, música de Bobby Hebb, com o irmão, Finneas, ao piano.

Lizzo canta Sam Cooke

Lizzo deixou as performances coloridas e cheias de efeitos de lado para deixar apenas sua voz falar. A sempre carismática cantora americana escolher o clássico de Sam Cooke (1931-1964), conhecido na intepretação Aretha Franklin, “A Change Is Gonna Come” e mudou a letra. “Houve tempos em que eu senti que nós não iríamos durar muito. Mas agora eu sei que eu sou capaz de seguir em frente”, cantou, com um órgão a acompanhando ao fundo. “Obrigada por todo mundo que está trabalhando muito para nos manter seguros, obrigada a todos que estão ficando em casa e se cuidando. Eu amo vocês, nós vamos passar por isso juntos”, disse. A igreja concorda e amém.

‘What A Wonderful World’ com Shawn Mendes e Camila Cabello, ao piano

Camila Cabello e Shawn Mendes sentaram juntinhos ao piano para cantar o clássico do “copo meio cheio”: “What A Wonderful World”. Parece uma escolha batida, mas foi emocionante. A harmonia das vozes do casal transformou a música de Bob Thiele e George David Weiss eternizada pela voz de Louis Armstrong que deve ter chegado até o coração do mais negacionista entre os negacionistas.

Taylor Swift cantou música em homenagem à mãe

Taylor Swift sentou-se ao piano para tocar “Soon You'll Get Better”, música do álbum “Lover” que escreveu sobre a batalha de sua mãe contra um câncer. Um momento de catarse coletiva muito bonito.

Jennifer Lopez

“Tem uma coisa que eu percebi mais do que qualquer outra durante esse tempo e ela é sobre o quanto nós precisamos uns dos outros”, disse J Lo antes de cantar “People”, escrita para o musical “Funny Girl” e sucesso na voz de Barbra Streisand. “Pessoas que precisam de pessoas são as mais sortudas do mundo”, cantou.

‘The Prayer’, com Andrea Bocelli, Celine Dion, Lady Gaga, John Legend e Lang Lang

Não bastasse ter nos feitos desidratar no último domingo de Páscoa, Andrea Bocelli retornou ao YouTube para o One World — e trouxe um time de peso. Para cantar "The Prayer", ele se juntou a Celine Dion, sua parceira na versão mais famos, John Legend, Lang Lang, pianista chinês, e Lady Gaga. Lindo foi pouco.

Anitta

Antes do show principal, artistas como Juanes e Rita Ora se apresentaram em uma espécie de pré-show transmitido online. Foi lá que Anitta fez uma pequena participação ao anunciar a performance do cantor colombiano.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest