‘Orange Is The New Black’: não-binária, cantora baiana Majur faz versão para ‘Grades do Coração’, do Revelação, em vídeo da série
Entretenimento

‘Orange Is The New Black’: não-binária, cantora baiana Majur faz versão para ‘Grades do Coração’, do Revelação, em vídeo da série

Representatividade importa e isso já ficou bem claro em 2019. Quem ainda não entendeu, tem mais uma chance de aprender um pouco sobre isso com o novo vídeo da Netflix para celebrar a estreia da 7ª temporada de "Orange Is The New Black". A peça traz Majur, cantora baiana não-binária, fazendo a sua própria interpretação de "Grades do Coração", pagode do grupo Revelação lançado em 2002.

A versão não é só uma brincadeira com o tempo em que a série está no ar ("Para homenagear os mais de seis anos atrás dos nossos corações", descreveu o serviço de streaming no vídeo). É mais uma demonstração de como o programa, ao longo desse período, colocou em pauta as minorias LGBTQI+, negra, latina no contexto feminino. Aos 23 anos, Majur é uma cantora em ascensão na música brasileira. Nascida e criada na periferia de Salvador, ela foi descoberta graças a um vídeo nas redes sociais. Em junho deste ano, colaborou com Emicida na muito elogiada "AmarElo", com samples de "Sujeito de Sorte", de Belchior.

Majur no vídeo de 'Grades do Coração'
Majur no vídeo de 'Grades do Coração'

No clipe da nova "Grades do Coração", ela aparece com figurino semelhante ao das presas da ficção. Na melodia, sai o cavaquinho e entra a batida dançante que mistura a música eletrônica aos ritmos nordestinos. Isso enquanto imagens de todas as temporadas da série aparecem em um telão colocado atrás de Majur. Ainda não se sabe se a música, produzida por Daniel Ganjaman, ficará disponível nas plataformas de streaming da cantora — mas a gente torce para que sim!

"Orange Is The New Black" estreou em 2013 e foi um dos maiores hits do streaming ao retratar o cotidiano da população carcerária feminina nos EUA. Inspirada no livro de Piper Kerman, que inspira a personagem principal, a série aborda temas complexos de uma forma dramática, mas com toques de comédia.

Assista ao vídeo e diz aí: a versão é o não é maravilhosa? Sim ou sim?

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest