Organistas de Notre-Dame estão ansiosos para voltar a tocar depois de incêndio
Entretenimento

Organistas de Notre-Dame estão ansiosos para voltar a tocar depois de incêndio

Johann Vexo é um dos músicos responsáveis por tocar o órgão gigantesco da catedral de Notre-Dame, em Paris. Ele foi o último dos organistas a encostar em suas teclas antes do incêndio que consumiu parte da estrutura da igreja do século XIII, uma vez que foi escalado para trabalhar na missa ocorrida naquele dia. Mesmo com todo estrago deixado pelo fogo, o instrumento construído no século XV, com 8 mil tubos — o maior da França e um dos maiores de toda Europa — sobreviveu. Pelo menos, em grande parte.

A principal parte da estrutura original está intacta, apesar de coberta de fuligem. Já um pequeno órgão que estava sob a torre que caiu se perdeu.

Especialistas e músicos temem que outros tipos de danos possam atrapalhar na restauração do instrumento após a tragédia. Principalmente, porque ele ainda está encoberto por entulhos, poeira e água. "Precisam retirar toda a fuligem que entrou dentro do instrumento. Ele precisa ficar livre de todo pó", disse Vincent Dubois, outro organista de Notre-Dame à "Billboard".

Desde já, torcemos para que dê tudo certo!

Veja como era o órgão da catedral antes do incêndio:

O órgão de Notre-Dame é tão grande que possui 8 mil tubos/Getty Images
O órgão de Notre-Dame é tão grande que possui 8 mil tubos/Getty Images

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest