Os Backstreet Boys completaram 25 anos e a nostalgia bateu
Entretenimento

Os Backstreet Boys completaram 25 anos e a nostalgia bateu

Publicidade

A verdade dói: os Backstreet Boys completaram 25 anos em 2018. Há um quarto de século, a boy band formada por Nick, Brian, A.J., Howie D. e Kevin surgiu para o mundo para vender milhões de cópias e abrir portas para uma geração de grupos de música pop. Para ajudar a aplacar o choque de realidade, abrace a nostalgia e relembre os maiores sucessos de quem colocou “everybody” para dançar.  

'I WANT IT THAT WAY' 

Roupas brancas, um avião estilizado e uma música chiclete que ninguém entende muito bem o que quer dizer até hoje (mas canta assim mesmo porque um hino é um hino). “I Want It That Way” é um emblema de uma época e não pode faltar em qualquer playlist que se preze sobre essa fase da música pop. O hit é umas das mais pedidas dos karaokês.

'EVERYBODY (BACKSTREET’S BACK)'

A música que provavelmente colocou os Backstreet Boys no topo. Apesar de ser uma das canções mais famosas do grupo, “Everybody” foi o quinto single lançado, o primeiro do segundo álbum deles. Quando a música foi lançada, em 1997, Nick, o mais novo, tinha apenas 17 anos (hoje, ele tem 38!). O clipe marcou uma geração e tem uma coreografia que é imitada até hoje por quem viveu o “boom” da música. 

'QUIT PLAYING GAMES'

Um refrão eterno que se repete 87 vezes (não contamos, mas deve ser quase isso). “Quit playing games” ganhou um clipe que mostrava os integrantes da boyband tomando banho de chuva com camisas abertas ou com o tronco nu. Tem entre seus compositores o sueco Max Martin, o Midas da música pop e responsável por outros hits da banda - como “I want it that way” - e de outros artistas ao longo dos anos.  

'AS LONG AS YOU LOVE ME'

Os acordes de piano mal começam na introdução e você já tem vontade de colocar a mão no coração e fechar os olhos. Lançada no fim de 1997, a música “As Long As You Love Me” sucedeu “Everybody” como single do álbum “Backstreet’s Back”. A gravação do clipe foi a responsável por unir Brian à sua mulher. No vídeo, elas é uma das cinco atrizes que coordenam uma audição fictícia da qual os meninos participam.   

'ALL I HAVE TO GIVE'

'All I Have To Give' é aquela que imediatamente te faz querer arrumar um chapéu para fazer a coreografia que você passou a infância inteira tentando aprender e até hoje não conseguiu (mas se esforçou como ninguém). A batida clássica dos anos 1990 tem influências de R&B e as blusas coloridas usadas pelo grupo marcaram toda uma época. E os contracantos do Brian? Um clássico. 

 'LARGER THAN LIFE'

A música seria o primeiro single de “Millenium”, mas foi desbancada por “I Want It That Way”. A letra é quase uma declaração de amor para os fãs, mas também transparece um pouco da loucura que o grupo causava por onde passava: “Me deixe te dizer que a fama tem seu preço”. E o que dizer do clipe? Uma mistura de influências futuristas que transformou o grupo em robôs e guardiães do espaço. 

'THE CALL'

 “The Call” foi o segundo single de “Black and Blue”, álbum cuja turnê trouxe o BSB pela primeira vez para um show no Brasil. Fato curioso: a batida na introdução contém samples produzidos a partir de um, digamos, barulho inoportuno feito por Howie D. no estúdio. Ele se preparava na sala de gravação, quando, sem querer, soltou um pum. Max Martin se divertiu e usou o som gravado na música final.  

Se depois de ler tudo isso você ficou mais nostálgico ainda, preparamos uma playlist especial com o melhor do melhor daquela que até hoje é reconhecida como uma das maiores boybands de todos os tempos. 

Tags relacionadas:
EntretenimentoMúsica pop

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest