Ouvir música pode aumentar o seu rendimento em exercícios físicos (e no trabalho)
Tecnologia

Ouvir música pode aumentar o seu rendimento em exercícios físicos (e no trabalho)

Publicidade

Se você pratica exercícios, alguma playlist especial já deve ter te ajudado a completar uma série, certo? E isso tem explicação científica. Um estudo recente comprovou que músicas podem facilitar o esforço físico, melhorando o tempo de corrida e em testes de resistência cardiovascular, aqueles em que o paciente precisa correr durante um determinado tempo na esteira.

ALIMENTAÇÃO: Volume da música que você ouve pode determinar se a sua dieta vai dar certo ou não

SAÚDE MENTAL: Sete maneiras práticas de usar música para se sentir melhor

“Ouvir música enquanto você se exercita cria competição pela atenção do seu cérebro”, explica o cardiologista Haitham Ahmed, doutor em Medicina de Cleveland, nos Estados Unidos. “Em vez de se concentrar em como você está cansado, como é difícil para você respirar ou o quão rápido seu coração está batendo, sua atenção é direcionada para outras coisas”. 

Segundo o responsável pela pesquisa, a música também muda sua percepção sobre o quanto você está trabalhando. “Com suas músicas favoritas tocando, você sente que se esforçou menos e pode tolerar mais a atividade física”.

O impacto de se exercitar com música pode ser percebido em cerca de dois meses. “Dentro desse período, muitas pessoas relatam uma diferença notável na capacidade de trabalho e, depois de três meses, algumas relatam diminuição de sentimentos depressivos e de desconforto causado por outras doenças” - o que mostra o potencial da música também como fonte de bem-estar mental.

 Em vez de se concentrar em como você está cansado, como é difícil para você respirar ou o quão rápido seu coração está batendo, sua atenção é direcionada para outras coisas 

“O tempo em que você consegue se exercitar na esteira é um dos principais indicadores da sua saúde a longo prazo, e ele pode revelar se você sobreviverá nos próximos dez anos”, explica Haitham Ahmed. Com música, ele diz, é possível aumentar esse tempo em até seis minutos e a longevidade em até 20%. Bom, né?

Em testes de resistência cardiovascular - em que é necessário correr na esteira -, não é possível utilizar fones de ouvido, mas Ahmed sugere perguntar à clínica se é possível tocar música em segundo plano para manter a motivação. “Você pode surpreender a si mesmo e ao seu médico”, diz o cardiologista.

“O tipo de música que você ouve durante o exercício não importa”, lembra ele. “Escolha algo que te distraia e te faça sentir feliz e motivado para que você possa trabalhar mais”.

As informações são do “Cleveland Clinic”.

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest