Ozzy Osbourne mostra 'amputações' ao sair em defesa de gatos como garoto-propaganda da PETA
Inspiração

Ozzy Osbourne mostra 'amputações' ao sair em defesa de gatos como garoto-propaganda da PETA

Ozzy Osbourne, quem diria, agora é defensor do bem-estar dos animais. Mais especificamente, do bem-estar dos gatos. Em 1982, o cantor chocou o mundo ao arrancar — a dentadas — a cabeça de um morcego durante uma apresentação nos Estados Unidos. Já em 2020 ele surpreende novamente, ao se tornar garoto-propaganda de uma campanha da PETA (People for Ethical Treatment of Animals), ONG que atua globalmente em prol dos direitos dos animais. Ozzy posou para uma foto que o mostra com os dedos amputados (via Photoshop, claro) e sangrando. A mensagem? Não arranque as unhas de seu gato.

É infelizmente comum que gatos sejam submetidos a amputações cirúrgicas de suas unhas, para evitar acidentes domésticos. Mas a PETA alerta: o procedimento não arranca apenas as garras, mas também parte dos dedos dos gatos, o que pode causar danos nos nervos das patas, infecções e dores. De acordo com veterinários, em um humano a experiência seria similar à amputação das pontas dos dedos — e é isso que Ozzy mostra no anúncio.

O cartaz da campanha da PETA com Ozzy Osbourne. Foto: reprodução
O cartaz da campanha da PETA com Ozzy Osbourne. Foto: reprodução

Gatos que têm suas unhas amputadas também precisam reaprender a andar, pois têm seu equilíbrio alterado. Além disso, acabam mordendo mais seus próprios donos, pois perdem seu primeiro mecanismo de defesa. A PETA recomenda que, em vez de amputar as garras, os donos dos gatos apenas as aparem, e que comprem postes próprios para que os bichanos brinquem e desgastem as pontas das unhas.

Ozzy topou participar da campanha por conta de um drama pessoal vivido em 2018: uma infecção oportunista quase o fez perder alguns dedos. “Amputar os dedinhos de um gato é algo perverso e errado”, declarou o ícone do heavy metal. “Se você considera seu sofá mais importante que o bem-estar e a saúde de seu gato, você não merece ter um animal. Dê a ele um poste para arranhar — em vez de mutilá-los para sempre”.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest