Pepperoni e Beethoven: quando o entregador de pizza é um fenômeno no piano
Inspiração

Pepperoni e Beethoven: quando o entregador de pizza é um fenômeno no piano

0

Publicidade

Quando uma família americana da cidade de Detroit pediu uma pizza por telefone, ela certamente não esperava receber entre massa, queijo e molho de tomate um talento no piano. A espécie de gorjeta às avessas foi dada pelo entregador, o jovem Bryce Dudal. Ao chegar na casa dos Varchetti, o garoto percebeu que a família abrigava o instrumento na sala de estar. Educadamente, ele pediu para tocá-lo e o que se viu foi um show à parte. Tudo foi registrado 

LEIA MAIS: Ilustrações com macarrão recriam cenas musicais

E TAMBÉM: Orquestra de vegetais completa 20 anos e continua incrível

“Meu marido pediu pizza do Hungry Howie's para as crianças, o que é algo que eu nunca faço, mas eu não estava em casa. O entregador percebeu nosso piano e pediu para tocar por um segundo. Que talento!”, escreveu Julie Varchetti na postagem que fez no Facebook com o registro do momento feito pelo marido. A publicação com o entregador pianista tocando o terceiro movimento de “Moonlight Sonata”, de Beethoven, já ultrapassou um milhão de visualizações.

Para deixar tudo mais impressionante, Bryce contou, em entrevista ao “Washington Post”, que aprendeu a tocar piano sozinho, aos seis anos, no teclado que a família tinha em casa. A princípio, ele aprendeu algumas músicas infantis e temas de programas de televisão. Depois, ganhou da mãe CDs do compositor alemão. Entre eles, estava “Moonlight Sonata”, que ele aprendeu de ouvido e com ajuda de vídeos no YouTube. Em um ano, já havia decorado tudo. 

“Foi um processo demorado. Você tem que sentar, pensar e tentar fazer aquilo no piano, trecho por trecho. Eu não sabia ler partitura na época”, contou ele na entrevista ao jornal americano. “Eu sentava lá e ouvia aquilo por horas e horas até entender como fazer.”

Depois de passar por vários professores de piano que só queriam lhe ensinar o básico, aos 12 anos Bryce encontrou um que aceitou lecionar com base no talento autodidata do garoto. Atualmente, o entregador não faz aulas, mas o sucesso de sua performance para a família Varchetti renovou nele a vontade de estudar o instrumento.  

"Muitas pessoas quando sentam no piano tocam algo lento e bonito, mas quando eu toco, gosto de dar tudo de mim”, afirmou Bryce. 

Publicidade

Tags relacionadas:
InspiraçãoComidaPiano
Background

Relacionados

Canais Especiais