Playing For Change: Ringo Starr e Robbie Robertson tocam com músicos em cinco continentes; assista ao vídeo
Inspiração

Playing For Change: Ringo Starr e Robbie Robertson tocam com músicos em cinco continentes; assista ao vídeo

Um vocal gravado na Carolina do Sul (EUA), outro no Congo. Uma percussão registrada na Espanha, um dobro gravado na Itália, um piano no Japão. Tudo com a bênção de duas lendas do rock: Ringo Starr, ex-baterista dos Beatles, e Robbie Robertson, ex-titular da guitarra na legendária The Band. A mais nova produção do projeto Playing for Change foi a mais épica e desafiadora desde o começo da iniciativa, em 2002: uma versão de "The Weight" (clássico da The Band) interpretada por músicos tocando simultaneamente em cinco continentes diferentes.

A produção, que passou por dez países, levou dois anos para ser completada. Encabeçando o registro, ninguém menos que o próprio autor da canção, o guitarrista canadense Robbie Robertson, que ainda contou com a luxuosa participação de Ringo Starr na bateria.

Nas palavras de Mark Johnson, produtor musical e co-fundador do Playing for Change, a iniciativa é "um movimento que une e conecta pessoas de todo o mundo por meio da música". Junto a Enzo Buono, Mark viaja pelo mundo para gravar artistas de várias nacionalidades dando seus toques pessoais em clássicos da música pop.

A receita com os álbuns e vídeos resultantes do projeto alimenta a Playing for Change Foundation, uma ONG que mantém 15 escolas de música em países em desenvolvimento. Nos quatro álbuns lançados pelo projeto até hoje, popstars como Bono (do U2), Keith Richards e Ben Harper dividem espaço com músicos anônimos de países como Gana, Nepal, África do Sul e México. Os vídeos que produziram para “Redemption Song”, a obra-prima de Bob Marley, e “What’s Going On”, de Marvin Gaye, são tidos como clássicos.

Mas o clipe de viralização mais impressionante foi o de“Stand By Me” (clássico da soul music), que incluiu cenas gravadas no Rio de Janeiro e hoje totaliza quase 143 milhões de visualizações.

A ideia de regravar "The Weight" nasceu como uma homenagem ao aniversário de 50 anos de lançamento da faixa, o carro-chefe do álbum de estreia da The Band, "Music from The Big Pink" (1969). "Robbie viu o vídeo que fizemos com 'All Along the Watchtower' (de Bob Dylan) e amou. Então me perguntou: 'Já pensaram em fazer o mesmo com 'The Weight'? Era a chance de pegarmos uma canção incrível e levá-la mundo afora, com a ajuda de uma lenda viva", conta Mark em entrevista à "Rolling Stone".

Reunidos no vídeo, estão nomes como o cantor e guitarrista Marcus King (EUA), o guitarrista Roberto Luti (Itália), o cantor Mermans Mosengo (Congo), o cantor Ahmed Al Harmi (Bahrein), a pianista Keiko Komaki (Japão) e a dupla californiana Larking Poe. Costurando tudo, Robbie na guitarra e a participação muito especial de Ringo. "Trabalhar com ele foi um sonho tornado realidade”, encanta-se Mark. “A presença de Ringo e de Robbie no projeto representa a fagulha criativa que resume a intenção de todo o projeto. Ringo nunca tinha tocado ‘The Weight’, e seu som abriu uma porta para nós.”

O desafio logístico de gravar tantos músicos de estilos diferentes, em países diferentes e em épocas diferentes foi considerável. “Começamos com Robbie. Fomos para o estúdio e fizemos uma demo no tom certo e no tempo certo, e ele só precisou colocar os fones e tocar junto”, explica Mark. “E enquanto viajávamos pelo mundo, fomos desconstruindo a gravação. Trocamos a bateria original pela bateria do Ringo. E daí por diante. A cada lugar em que chegávamos, eu punha os fones nos ouvidos dos músicos locais, eles ouviam e iam tocando junto”.

Além do encontro com os dois monstros sagrados, Johnson conta que o momento mais especial da empreitada foi a gravação no Oriente Médio. “Essa é a essência do Playing For Change: mostrar ao mundo as conexões que podem ser feitas e como todo mundo pode se unir quando a música toca. Quando mostramos Ringo, Robbie e cortamos em seguida para um músico tocando no Bahrein, fica claro como essa conexão é natural e fluida. Qualquer um pode se conectar a qualquer pessoa pela música”, afirma ele.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest