Prêmio Multishow 2019: Ludmilla, Iza com Ivete, homenagem a Beth Carvalho, vitória de DJ preso… Os melhores momentos
Entretenimento

Prêmio Multishow 2019: Ludmilla, Iza com Ivete, homenagem a Beth Carvalho, vitória de DJ preso… Os melhores momentos

O Prêmio Multishow reuniu na noite de terça-feira (29), na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, nomes em alta na música nacional para uma noite de diversão, encontros e, é claro, troféus. A premiação, comandada por Paulo Gustavo e Anitta, teve momentos que já garantiram lugar em uma possível antologia da história do evento.

Consagração — e vaias — para Ludmilla

Ludmilla saiu do Prêmio Multishow como a dona da noite por três momentos diferentes. Quando recebeu o troféu na categoria “Música Chiclete”, por “Onda Diferente”, foi recebida no com algumas vaias vindas da plateia de fãs que estava próxima do palco. Parte do público gritava o nome de Anitta. As duas cantoras andaram se alfinetando nas redes sociais por conta de questões envolvendo a autoria da canção vencedora.

Sem se abalar, Lud fez seu agradecimento e ainda saiu rebolando para a plateia. Paulo Gustavo, ao ver a cena, chamou a cantora, que já havia descido do tablado, para dar um recado fofo e preciso. "Ô, Ludmilla, deixa eu falar uma coisa para você: eu sou seu fã. Você que nasceu aqui nesse país, mulher, negra, gay, da periferia, num país extremamente racista, homofóbico, chegar onde você chegou não é para qualquer um, tá bom? A sua trajetória inspira milhões de pessoas”, disse, recebendo muitos aplausos.

Quando voz de “Din Din Din” voltou ao palco para receber o prêmio de "Cantora do Ano", chorou e agradeceu com um discurso emocionado. "Esse choro aqui é um choro de uma luta muito grande e muito longa que estava preso dentro de mim. Eu não esperava isso nunca, melhor cantora do ano. Eu só queria dizer para todas as meninas, para todas as mulheres, para todas as pessoas periféricas: nunca, nunca mesmo, deixem ninguém falar o que você é ou o que você pode ser na vida de vocês. Se vocês têm um sonho, lutem como uma garota e vão atrás dele”, disse ela, antes de finalizar: “Obrigada pelas vaias. Elas me fazem sempre pensar no que eu gostaria ou não que fizessem com as pessoas.”

Ivete e Iza: que dupla!

Poucas coisas na música brasileira atual são quase impossíveis de dar errado. Uma delas é uma parceria entre Ivete Sangalo e Iza. Pois as duas abriram o Prêmio Multishow juntas ao som de "Brisa", da cantora carioca, e depois "Teleguiado", da rainha da Bahia. Veveta até brincou com a letra da música da colega de "The Voice": "Nada me abala, que delícia. Hoje eu tô de boa, tô com Iza", cantou, trocando um verso da canção. As artistas fizeram o que se esperava: cantaram, dançaram e esbanjaram carisma.

Homenagem a Beth Carvalho

A madrinha do samba, que morreu em abril deste ano, foi a grande homenageada da noite. O momento para lembrar Beth Carvalho começou com Diogo Nogueira cantando o clássico "O Show Tem Que Continuar", dos mestres Arlindo Cruz, Sombrinha e Luiz Carlos da Vila (1949-2008). Depois, Zeca Pagodinho apareceu ao som de "Camarão Que Dorme A Onda Leva", de Zeca, Arlindo Cruz e Beto Sem Braço (1940-1993), e foi sucedido por Teresa Cristina que entrou no palco com "Coisinha do Pai", parceria de Jorge Aragão, Luiz Carlos e Almir Guineto (1946-2017). Para terminar, Jorge Aragão puxou sua “Vou Festejar” (em parceria com Dida e Neoci Dias) e foi acompanhado por todos os outros colegas sambistas, assim como por Luana Carvalho, filha da cantora. Emocionante e empolgante.

Marília Mendonça em dois lançamentos

No palco do Prêmio Multishow, ela aproveitou para cantar uma música inédita dedicada ao filho, a Música do Léo. Antes, a cantora já havia recebido o prêmio de “Show do Ano”. Marília ainda se juntou a Anitta para as duas lançarem "Some Que Ele Vem Atrás", parceria que tem tudo para ser hit.

Duda Beat e a exaltação ao Nordeste

2019 pode não estar sendo lá mil maravilhas, mas o ano de Duda Beat foi simplesmente um sucesso. A cantora pernambucana estourou no país todos, e isso se refletiu no Prêmio Multishow. Ela venceu na categoria Revelação do Ano e fez questão de exaltar a terra de onde veio. “Eu sou mulher, nordestina e cantora independente. O Nordeste é foda!” Onde é que a gente assina?

Duda Beat segura seu troféu de 'Revelação do Ano' / Foto: Reprodução
Duda Beat segura seu troféu de 'Revelação do Ano' / Foto: Reprodução

Prêmio para Rennan da Penha

Preso desde abril deste ano, por associação com o tráfico, o DJ Rennan da Penha levou o prêmio de “Canção do Ano”, escolhido pelo Superjúri formado por artistas, jornalistas e nomes da indústria. "Isso vai revigorá-lo. Com certeza ele não esperava isso. Esse prêmio vai dar bastante força a ele", disse Lorena, namorada do DJ, ao subir ao palco para receber o troféu. "Só queria que o Rennan estivesse aqui porque ele merece. Viva a favela! DJ não é bandido. Liberdade para Rennan da Penha!", completou o empresário do artista.

Lorena, namorada do DJ Renna da Penha, com o troféu dele / Foto: Reprodução
Lorena, namorada do DJ Renna da Penha, com o troféu dele / Foto: Reprodução

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest