Quando o roqueiro é artista: conheça seis casos de cantores que se dedicaram à pintura
Inspiração

Quando o roqueiro é artista: conheça seis casos de cantores que se dedicaram à pintura

Uma mente inquieta aliada a um talento que ultrapassa sua própria arte pode resultar em criações inusitadas. São muitos os cantores de rock que se dedicam também à pintura e desenho. Além de funcionar como uma extensão de suas músicas, as telas parecem revelar ainda mais seus pensamentos e sentimentos. Se o som inspira os fãs, as cores e formas acabam alcançando, em muitos casos, a atenção de críticos de arte e um outro público, que necessariamente não frequenta concertos em estádios mas certamente tem muito mais dinheiro para comprar as obras...

O site Cultura Colectiva separou alguns dos artistas que mais se destacam nas artes plásticas, fazendo exposições e alcançando cifras significativas em leilões e vendas.

David Bowie

Bowie pintava desde os anos 1970 e tinha um profundo conhecimento de artes plásticas. Suas maiores influências foram Frank Auerbach, David Bomberg, Francis Bacon e Francis Picabia.

Child in Berlin (1977)
Child in Berlin (1977)

Marilyn Manson

As telas de Manson reproduzem exatamente o que os que conhecem sua música espera e têm sido bem avaliadas. "Experience Is the Mistress of Fools", que estampou a capa do álbum "Lest We Forget – The Best Of", foi vendida por US$ 35 mil.

"Experience Is the Mistress of Fools"
"Experience Is the Mistress of Fools"

Jonh Lennon

O beatle foi um péssimo aluno no Liverpool College of Art, mas fez centenas de desenhos em preto e branco e cor durante sua curta vida. No site arteofjonhlennon.com pode-se ver quase toda sua produção, como a serigrafia "Imagine Peace", que mostra ele, Yoko Ono e o filho Sean durante uma viagem ao Japão em 1977.

"Imagine Peace", de John Lennon
"Imagine Peace", de John Lennon

Paul McCartney

E se um beatle desenhava, por que outro não pintaria? Mas Sir Paul só mostrou publicamente seus trabalhos em 1999. Segundo a Mouche Gallery, são trabalhos de cores intensas, que revelam um espírito positivo e sofisticação visual, como a tela "Robot and star", de 1995.

"Robor and star", de Paul McCartney
"Robor and star", de Paul McCartney

Pete Doherty

O vocalista do Libertines gosta de pintar com...sangue. O que parece meio sinistro tem sido rentável. "Ladylike", tela que ele fez com Amy Winehouse, usando o sangue da cantora, foi arrematada em um leilão por 35 mil libras (R$ 176 mil).

Peter Doherty e uma das suas telas
Peter Doherty e uma das suas telas

Brandon Boyd

O vocalista do Incubus dedica-se à arte abstrata, com produção mais significativa em aquarelas, como "See me". Ele já fez várias exposições, como a "OptiMystic" na Samuel Lynne Galleries, em 2018.

"See me", de Brandon Boyd
"See me", de Brandon Boyd

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest