Rádio americana proíbe clássico de Natal por conteúdo inadequado
Inspiração

Rádio americana proíbe clássico de Natal por conteúdo inadequado

0

Publicidade

Uma rádio de Cleveland, nos EUA, decidiu não tocar mais a música "Baby, It's Cold Outside", um clássico de Natal no país. O motivo está no conteúdo da letra: muitos ouvintes se mostraram preocupados com a possibilidade dos versos incentivarem a cultura do estupro. A estação WDOK Star 102.1 retirou a faixa de circulação após receber um telefonema sugerindo que o conteúdo da canção era inapropriado. 

LEIA MAIS: Sem licença para se apresentar no rádio, DJ passa 44 anos tocando para apenas uma ouvinte 

 MÚSICA DE PROTESTO: Quais bandeiras os artistas têm levantado em 2018? 

"A decisão não foi nossa, foi de nossos ouvintes", afirmou a locutora Desiray. 

A música, um dueto entre um homem e uma mulher, foi escrita por Frank Loesser, em 1944. Os versos retratam a conversa em que o homem tenta convencer a mulher a passar a noite com ele, já que "está frio lá fora". "Eu realmente não posso ficar", ela canta. "Mas, querida, está frio lá fora", responde o moço. 

"Baby It's Cold Outside" é assunto para debate já há algum tempo. Sua letra é considerada um exemplo de assédio, dado as infinitas recusas da mulher diante das investidas do homem. "Eu só tenho que ir embora, a resposta é não", diz um dos versos cantados por ela. 

Apesar da polêmica, um usuário do Tumblr fez uma publicação para defender a letra da música dizendo que seus versos, na verdade, indicam uma mulher exercendo seu direito à sexualidade em uma época em que as mulheres eram ainda mais oprimidas do que hoje em dia.

Ouça o cover legendado da música na versão produzida pela série "Glee", em 2010: 

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais