RnBossa? Aos 21 anos, britânica Hope Tala encanta com mistura de R&B e bossa nova em 'Lovestained'
Entretenimento

RnBossa? Aos 21 anos, britânica Hope Tala encanta com mistura de R&B e bossa nova em 'Lovestained'

A mistura de R&B com bossa nova já é algo tão real que foi até batizada: RnBossa. O novo subgênero musical tem conquistado a crítica e ganha cada vez mais ouvintes. Entre eles, Hope Tala, uma artista independente radicada em Londres. De ascendência indiana, a cantora lançou recentemente a faixa "Lovestained", cuja levada do violão nos transfere automaticamente para o gênero brasileiro que conquistou o mundo nos anos 1960.

Considerada pela "Rolling Stone" como um "hino para as manhãs de verão", "Lovestained" também tem uma pegada caribenha, marcada pela cadência leve das steel drums (ou steel pans), instrumento originário de Trinidad e Tobago.Isso sem falar da dolência clássica das baladas de R&B.

Hope Tala é uma das artistas que aderiu ao RnBossa/Reprodução/Instagram
Hope Tala é uma das artistas que aderiu ao RnBossa/Reprodução/Instagram

Com apenas 21 anos, Hope é uma millennial que curte uma boa mistura conceitual de gêneros musicais — e faz isso muito bem. Mesmo com uma carreira recente, de apenas três anos, é possível perceber que a jovem tem talento de sobra. A escolha pela música veio justamente em um período normalmente complicado para adolescentes: durante as provas do equivalente ao vestibular no Reino Unido.

"Uma das tarefas do exame era compor uma música", explicou ela, que toca clarinete e piano desde a infância, mas é novata no quesito "composição". "Gostei tanto da experiência que decidi continuar a gravar sozinha", disse.

Desde então, a cantora tem algumas músicas publicadas em sua conta do Spotify e um EP com cinco canções, o "Starry Ache". Ela tem como suas referências favoritas no R&B India Arie, D’Angelo e Erykah Badu. Já na bossa nova, ela acena para Astrud Gilberto, ex-mulher de João Gilberto, e para o saxofonista americano Stan Getz, um dos grandes intérpretes do gênero, que realizou parcerias com Tom Jobim e o próprio João Gilberto.

Vale a pena conferir o trabalho de Hope. Com o perdão do trocadilho, uma esperança para a nova geração.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest