Rock in Rio 2019: artistas do Palco Supernova indicam músicas autorais apresentadas no festival
Rock in Rio 2019

Rock in Rio 2019: artistas do Palco Supernova indicam músicas autorais apresentadas no festival

Para os indies, fãs de novos talentos e admiradores de músicos que têm tudo para crescer, a edição de 2019 do Rock in Rio oferece ainda mais opções de ambientes destinados a descobertas sonoras. O Palco Sunset — já tradicional no quesito experimentação e encontros —, agora divide a meta de promover atrações de múltiplos universos e estilos com a Rock Street Asia, a Rock District, o Espaço Favela, o New Dance Order, o Highway Stage e o Palco Supernova. Este último, em especial, reúne 35 nomes já cheios de fãs nos seus respectivos nichos.

Patrocinado pelo Filtr Live — plataforma de entretenimento da Sony Music —, o Supernova nasceu com o objetivo de juntar, em um mesmo núcleo do festival, artistas em ascensão no mercado de música (principalmente) do Brasil. Em entrevista ao Reverb, expoentes do line-up como Tássia Reis, Gabriel Elias e Menores Atos compartilharam quais duas canções autorais indicariam para quem nunca os ouviu, porém gostaria de entrar em contato com o trabalho das novas gerações musicais que andam conquistando carinho dentro e fora da internet.

Público do Palco Supernova durante show do mineiro Gabriel Elias, atração do dia 29 de setembro, no Rock in Rio / Foto: Bléia Campos / I Hate Flash
Público do Palco Supernova durante show do mineiro Gabriel Elias, atração do dia 29 de setembro, no Rock in Rio / Foto: Bléia Campos / I Hate Flash

27/09 - Orgânico

Oriente, Cacife Clandestino, Haikaiss, Orgânico e A Banca 021

"'Ladeira da vida' é uma música que mistura nossa ancestralidade: o samba com o rap. A poesia abraça os ouvintes, (tem) rimas inteligentes, vozes lindas. É uma ótima musicalidade”, diz SóCiro, integrante do projeto de rap instrumental.

"'Baila Mais', é o orgânico do funk", continua. "A banda mistura o instrumento (musical) europeu cravo com uma batida gostosa, além de conter a participação da Olívia com uma poesia de empoderamento feminino."

28/09 - Dona Cislene

Vivendo do Ócio, Maglore, Ponto Nulo do Céu, Dona Cislene e Bullet Bane

"Indico primeiramente a 'Temporei', nosso último lançamento, e single do nosso novo disco que sai ainda este ano", diz Guilherme de Bem, guitarrista da banda brasiliense de rock.

"A segunda é 'Má Influência', que é a queridinha do nosso público", segue. "(Foi) lançada em 2014 e nunca pode faltar em nossos shows."

Orgânico em apresentação no Palco Supernova, no dia 27 de setembro / Foto: Diego Padilha / I Hate Flash
Orgânico em apresentação no Palco Supernova, no dia 27 de setembro / Foto: Diego Padilha / I Hate Flash

29/09 -Gabriel Elias

Gabriel Elias, 3030, Lali, Dvicio e Jade Baraldo

"'Fiz Esse Som Pra Você' traz toda a essência praiana, acho que me retrata bem", diz Gabriel Elias, cantor mineiro que ganhou a internet com a voz serena de suas versões cover de faixas como "Te Assumi Pro Brasil", de Matheus & Kauan.

"'Pequena Flor' é o nosso maior sucesso até hoje e traz o nosso jeitinho, a nossa mistura do reggae com o pop", conta. "Acho que sintetiza bem o trabalho."

3/10 - Menores Atos

Bula, Braza, Big Up, Menores Atos e Lupa

"'Sereno' é a faixa que de fato apresentou a banda pro público", explica Cyro Sampaio, vocalista e guitarrista da banda carioca de rock alternativo. "É até hoje a música mais cantada nos shows e conta com os elementos básicos que moldaram o nosso som, como os vocais cruzados, instrumental com tempos fora do padrão e a letra bem pessoal e emotiva."

"'Devagar'foi o primeiro single do álbum "Lapso" (2018) e mostra a evolução da banda sem perder as características principais", diz.

Dona Cislene em show no Palco Supernova, no dia 28 de setembro / Foto: Wesley Allen / I Hate Flash
Dona Cislene em show no Palco Supernova, no dia 28 de setembro / Foto: Wesley Allen / I Hate Flash

4/10 - Jimmy & Rats e Norturnall

Armored Dawn, Noturnall, Eminence, Jimmy & Rats e Fire Strike

Jimmy & Rats

"Acho que 'Lobo do Mar' apresenta uma parte importante do som da banda", diz Jimmy London, ex-vocalista da banda carioca Matanza. "É o verdadeiro 'rock de pirata', bucaneiro e rude, com um refrão grudento e um balanço bom. Me lembra o mar do Caribe cheio de sargaços numa noite de outono. Depois vem o ciclone, mas isso fica para outra canção", brinca.

"Outra música importante para a gente é 'Sol Menor'", continua. "Meio indefinível, meio nonsense. (Ela) nasceu de um pedido verídico e original do nosso capitão Fernando Oliveira, chorando um blues no seu banjo enquanto secava as gotas de suor, e acabou se tornando amálgama dos vários estilos que curtimos."

Noturnall

“'Nocturnal Human Side', pois foi o primeiro hit da banda e traz a participação mais que especial do meu amigo e grande lenda da voz do metal mundial, Russell Allen (das bandas Symphony X e Adrenaline Mob)", conta Thiago Bianchi, vocalista da banda brasileira. "De fato, um som do qual me orgulho muito".

“'Woman In Chains', cover do saudoso Tears For Fears, em que canto com minha mãe, a cantora Maria Odette", completa. "Ficou simplesmente emocionante".

5/10 -Mariana Nolasco e Tássia Reis

Mariana Nolasco, Ana Gabriela, Maria, Tássia Reis e Dani Vellocet

Mariana Nolasco

"'Certeza' é uma música que fala o quanto nossas preocupações, medos e o caos, em que às vezes a gente se encontra, são pequenos perto da imensidão que é viver", diz Mariana Nolasco, cantora e conhecida youtuber paulista.

“'Sons de Amor'” é um diálogo de duas pessoas falando sobre o que é amor para cada uma e como, no final das contas, o que importa é o amor que cada um sente e não a forma como ele é expressado", conta. "(Isso) além de ser uma parceria musical com um artista que eu sempre admirei, o Rael.

Tássia Reis

"Indico 'Shonda'", diz a rapper e cantora paulista Tássia Reis. "Fiz num momento muito intenso. Estava com muita raiva, queria descarregar escrevendo e acabei fazendo um som do qual gosto muito, porque me joga para cima", explica. "É tipo 'levanta essa cabeça, garota'.

"E 'Ansiejazz', que, ao contrário de 'Shonda', fiz num momento de extrema paixão", conta. "É muito gostoso reviver a sensação quando canto. Sem contar que acho ela chique".

Fãs que visitam o Palco Supernova conseguem prestigiar artistas em ascensão no mercado da música / Foto: Wesley Allen / I Hate Flash
Fãs que visitam o Palco Supernova conseguem prestigiar artistas em ascensão no mercado da música / Foto: Wesley Allen / I Hate Flash

6/10 - Folks

Lagum, Selvagens à Procura de Lei, Zimbra, André Prando e Folks

“'Sobre Viver' não tem muita explicação", diz Kauan Calazans, vocalista da banda formada no Rio de Janeiro. "É sentimento do momento."

“'Muito Som' foi transformadora, pois foi a primeira (faixa) que os fãs cantaram junto no show", continua. "Foi o momento em que tive a certeza de estar conectado com outras pessoas através do nosso som", conta.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest