Rock in Rio 2019: Scorpions brilham no Bloodstock e vêm com guitarra usada na edição de 1985
Heineken Rock

Rock in Rio 2019: Scorpions brilham no Bloodstock e vêm com guitarra usada na edição de 1985

Preparados para assistir a mais um show do Scorpions no Rock in Rio? Eles voltam ao celebrado festival no dia 4 de setembro para uma apresentação no Palco Mundo que contará com um detalhe para lá de especial. Segundo o colunista do jornal "O Globo" Ancelmo Gois, o guitarrista da banda alemã, Matthias Jabs, tocará o mesmo instrumento que foi utilizado na primeira edição do evento, em 1985.

De acordo com o jornalista, a guitarra de 1985 foi um presente para o fundador e organizador do Rock in Rio, Roberto Medina. Portanto, será um empréstimo para lá de significativo. Gostaram da novidade?

"Na edição de 1985, o guitarrista Matthias Jabs presenteou Medina com esta guitarra da foto, cujo formato homenageia o logotipo daquela primeira edição, além de bandeiras do Brasil. Agora, a banda pediu a Medina para tocar uma música usando a mesma guitarra, que está sendo restaurada pelo conhecido luthier António Pinto Carvalho", escreveu Ancelmo em sua coluna.

A guitarra do Scorpions usada no Rock in Rio de 1985/Reprodução
A guitarra do Scorpions usada no Rock in Rio de 1985/Reprodução

Neste ano, o Scorpions completa 54 anos de carreira. E conserva intacta a habilidade de sacudir plateias ao redor do mundo, como mostrado recentemente no festival Bloodstock, no Reino Unido, realizado no último fim de semana. O site "Louder Sound" escreveu uma resenha altamente empolgada a respeito.

"Eles continuam a provar que são uma força vital no rock e no metal", escreveu o crítico Rich Hobson. "Eles oferecem um show sem frescuras, perfeito para um estádio lotado, dispensando pirotecnia pois, em grande parte da apresentação, as músicas falam por si só." E as músicas são jogo ganho, clássicos cantados a plenos pulmões pelo público, como "The Zoo", "Blackout" e "Big City Nights". Ou "Send Me An Angel", mostrada em versão acústica, com todos os integrantes na catwalk, e no grand finale a dobradinha infalível "Still Loving You" e "Rock You Like A Hurricane".

Isso não quer dizer que a apresentação não tenha efeitos bacanas. É claro que tem. "O show de luzes é nada menos que espetacular e evoca os excessos inebriantes dos vídeos de metal dos anos 1980 na MTV", avaliou Rich.Estamos ansiosos para conferir essa performance com os próprios olhos. Enquanto o dia 4 de setembro não chega, aproveite para relembrar momentos daquela apresentação no Rock in Rio de 1985.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest