Roger Taylor, do Queen, posta vídeos diários com dicas para bateristas, e Brian May ensina solo de 'Bohemian Rhapsody' sem palheta
Inspiração

Roger Taylor, do Queen, posta vídeos diários com dicas para bateristas, e Brian May ensina solo de 'Bohemian Rhapsody' sem palheta

O distanciamento social imposto pela pandemia do coronavírus pode trazer oportunidades incríveis, como a de ter aulas de bateria com Roger Taylor, do Queen!: "Para todos os bateristas que estão entediados e sem inspiração por aí, aqui vão algumas dicas sobre a caixa". Dessa forma o músico começou sua primeira lição, publicada em sua conta do Instagram no fim de semana passado. Até quarta-feira (25/3), tem sido uma por dia. Já o guitarrista Brian May vem fazendo o que chama de "microconcertos": o mais popular foi o de segunda (23/3), quando tocou o solo do seção intermediária de "Bohemian Rhapsody", "aquela canção muito complexa escrita pelo Freddie Mercury".

Detalhe: diferentemente do que fez na famosa gravação da música, Brian dispensou a palheta, foi "na unha" mesmo. "Hoje em dia, toco muito mais assim. Me dá mais controle e feeling", defendeu.

Ao contrário de outras turnês de grandes artistas que tiveram que cancelar datas em meio à pandemia global, o Queen conseguiu concluir sua última etapa. Mas as datas na Europa, agendadas para o final de maio, devem ser remanejadas.

Instagram URL not provided

A proposta de Roger Taylor é dar aulas rápidas com um a dois minutos de duração e dicas bem pessoais. Os vídeos são divididos por temas. No primeiro, ele fala dos segredos da caixa e aborda a primeira parte da importância da batida no aro. "Isso é apenas uma coisa rápida sobre a caixa e algumas coisas que eles não dizem", mostrando em seguida como obter um som muito mais alto no instrumento.

Em uma das lições, o baterista de 70 anos fez referência ao estilo de John Bonham, do Led Zeppelin, no quatro por quatro. “É uma coisa muito antiga, do tipo John Bonham. Que ótimo baterista. Ele realmente sabia como fazer isso", elogiou, na postagem. Ao final, chamou a atenção que a série de vídeos é "um guia para iniciantes de bateria e alguns de seus movimentos básicos". Mas fez a ressalva: "É um instrumento complicado e há muitos componentes nele".

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest