Rolling Stones: Alok conta que Mick Jagger só se satisfez com a nona versão do remix de 'Living In A Ghost Town'
Entretenimento

Rolling Stones: Alok conta que Mick Jagger só se satisfez com a nona versão do remix de 'Living In A Ghost Town'

Romana Novais, mulher do DJ Alok, não acreditou que ele falava ao telefone com Mick Jagger. "Achei que ele tava zoando. Aí ele disse que era sério, que tava fazendo um remix para a música deles", contou ela no Instagram. Mas Romana não deveria estranhar, porque o brasileiro já havia trabalhado com o cantor em 2017 e, mesmo sendo um dos expoentes mundiais da música eletrônica, tem forte ligação com o rock. Exemplo disso é que ele foi o primeiro nome confirmado para a edição 2021 do Rock In Rio.

No mês passado, os Rolling Stones lançaram seu novo single, "Living in A Ghost Town", primeira inédita da banda desde 2012. A faixa foi feita no estúdio, em sessões em que os músicos já começavam a trabalhar em um álbum novo e que foram interrompidas pela pandemia. Com algumas adaptações nos versos feitas por Mick, a música foi lançada dia 23 de abril. Nesta sexta-feira (15/5), a banda divulgou uma nova versão da música, remixada pelo DJ e produtor Alok.

O brasileiro contou que recebeu uma ligação do próprio Mick para fazer o remix da faixa. O contato não deve ter causado tanta surpresa, afinal, Alok já havia trabalhado com o inglês em 2017 no single "Gotta Get A Grip". "Com certeza é um passo muito importante não só para mim, mas para toda a cena eletrônica", disse ele, na época, em comunicado para a mídia.

Agora, ele falou como foi a nova parceria nos stories de sua conta no Instagram. "Eu posso contar uma coisa para vocês. É engraçado porque já tinha rolado isso na primeira vez em que trabalhei com Mick Jagger e rolou de novo agora, que é o que: ele é um cara que mergulha de ponta nos projetos, ele mergulha fundo, ele é um cara que entende muito de música, então é interessante porque ele sempre diz 'olha, eu acho que pode melhorar isso, mexe naquilo, faz isso', então ele mergulha comigo no projeto", revelou.

O goiano de 28 anos, eleito o 11º melhor DJ do mundo pela "DJ Mag" em 2019, tocou a música na live que fez dia 2/5. Ele conta que foram necessárias muitas versões até Mick aprovar uma versão final. "Foram nove até ele aprovar e autorizar, tipo: 'Massa, vamos nessa aí'. Nove versões. Até brinquei com ele: 'Cara, agora eu entendo porque você fez aquela música, 'I Can't Get No Satisfaction': porque você nunca está satisfeito", brincou.

DJ Alok na apresentação do Rock In Rio Las Veas em 2015. Foto: Getty Images
DJ Alok na apresentação do Rock In Rio Las Veas em 2015. Foto: Getty Images

Em 2015, Alok tocou no palco de música eletrônica do Rock In Rio e também participou do Rock in Rio Las Vegas. "Eu percebi que o público de rock está curtindo também eletrônica. Há essa mistura", observou, na época. Em 2019, pulou para o palco mundo sendo a primeira atração do festival. No set, caprichou em remixes de rock, um gênero que ele tem forte ligação. Na elogiada apresentação, ele tocou trechos de canções do Cranberries, Oasis, Queen, Bon Jovi e Legião Urbana.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest