Ron Wood, dos Rolling Stones, recuperado do câncer, diz que 'está aberto' a trabalhar com o BTS: 'Tudo pode acontecer'
Entretenimento

Ron Wood, dos Rolling Stones, recuperado do câncer, diz que 'está aberto' a trabalhar com o BTS: 'Tudo pode acontecer'

O guitarrista dos Rolling Stones, Ron Wood, de 72 anos, disse, em entrevista ao "Metro UK", que está aberto a trabalhar com o BTS no futuro. "Tudo é possível. Não há como prever", sugeriu o músico, que também adoraria entrar em estúdio com a cantora russa radicada nos EUA Regina Spektor, famosa pelo hit "Fidelity".

O ARMY não se pronunciou sobre a possível — mas, convenhamos, pouco provável — colaboração, mas conseguimos visualizá-la com clareza. Afinal, o BTS, mesmo sendo um grupo de k-pop, tem condições de imprimir uma pegada levemente rock em determinadas músicas, e isso fica claro na faixa "Dionysus", onde um solo de guitarra de Ron não soaria deslocado.

Já sobre a cantora Regina Spektor, de 39 anos, o stone falou: "Ela tem uma inclinação diferente no modo como projeta suas músicas. Seria interessante tocar com ela."

Recuperado de um câncer no pulmão no ano passado, Ron explica que tem se mantido saudável durante as turnês com sua banda, mas ainda pisa na bola com a cafeína e com doces. "Ficarei bem desde que mantenham minha máquina de café expresso, minhas nozes e sementes de abóbora", brincou ele. "Não estou pedindo muito. Meus filhos curtem caramelos, e eu também."

Ele também falou sobre ter sobrevivido à doença: "Alguém lá de cima gosta de mim. E, por isso, estou de olho na minha saúde. tenho feito exames regularmente. Eu tive sorte."

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest