Sam Smith fala sobre gênero e se identifica como não-binário
Entretenimento

Sam Smith fala sobre gênero e se identifica como não-binário

Dono de um Oscar e quatro prêmios Grammy, o talentoso Sam Smith fez uma revelação bastante pessoal em uma entrevista com a atriz e apresentadora Jameela Jamil, de "The Good Place". O cantor falou da recém-descoberta em relação a sua identidade de gênero, que ele considera não-binária. Ou seja, ele pode transitar entre o que conhecemos como masculino e feminino, como também pode simplesmente fugir desse espectro, assumindo o perfil queer ou não-conformista.

"No meu interior sempre rolou uma espécie de guerra entre o meu corpo e minha mente. Penso como uma mulher de vez em quando. Certas horas me questiono: 'Será que desejo fazer uma cirurgia para trocar de sexo?'. É algo que me pego pensando", disse o artista, de apenas 26 anos e é assumidamente gay.

Por favor, sejam legais. Espero que esse relato ajude alguém que se sinta como eu. Espero que você saiba que não está sozinho e que não é um alienígena

A Jameela, Sam contou que a descoberta de seu não-binarismo aconteceu após escutar outras pessoas conversando sobre o assunto. "Quando ouvi a palavra 'não-binário', 'gênero queer', fui procurar saber e ler, e ao escutar a conversa dessas pessoas eu pensei: 'Caramba, esse sou eu!'. Você é apenas você, sabe? Uma mistura de coisas completamente diferentes. Você é sua própria criação única e especial. Estou encarando dessa forma", explicou. "Não sou homem ou mulher, acho que sou algo entre os dois. É um espectro. A mesma coisa acontece com minha sexualidade".

Instagram URL not provided

A entrevista foi publicada no Instagram de Sam e Jameela. Após a divulgação do material, o cantor escreveu um relato afirmando que a conversa sobre seu corpo "mudou sua vida completamente".

"Sei que parece dramático, mas é verdade. Poder falar tão abertamente sobre meu corpo, suas particularidades e meus sentimentos com tanta segurança foi muito libertador", admitiu. "Sou grato por Jameela e sua equipe pela oportunidade. Vocês foram muito educados e gentis comigo. Foi muito difícil contar isso e estava muito nervoso, então, por favor, sejam legais. Espero que esse relato ajude alguém que se sinta como eu. Espero que você saiba que não está sozinho e que não é um alienígena".

Tags relacionadas:
EntretenimentoLGBT

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest