Saudade dos sons das tecnologias do passado? No YouTube, é possível ouvi-los e viajar na nostalgia
Tecnologia

Saudade dos sons das tecnologias do passado? No YouTube, é possível ouvi-los e viajar na nostalgia

Num passado recente, coisa de 10 ou 15 anos atrás, nossos aparatos tecnológicos eram barulhentos, irritantes e lerdos. Bem, irritantes, muitos ainda são. Mas em décadas recentes tudo tinha um som bem característico, desde o barulhinho do disquete sendo introduzido no computador, até a internet discada iniciando conexão, os jogos de videogame carregando, a impressora trabalhando, o bip (lembra? também conhecido como pager) fazendo bip... Uma lista realmente interminável. Já hoje, não é raro encontrar gente que se sente incomodada com o alto volume das teclas do smartphone. Ai, como somos ingratos.

Se você é um dos nostálgicos daqueles sons do começo dos anos 2000 e 1990, seja bem-vindo a um grande clube. Podemos lhe apresentar a um universo paralelo e sem fim que alimentará suas noites de insônia por muitos anos: o de pesquisar barulhos de tecnologias ultrapassadas no YouTube. Você pode gastar horas e horas procurando o pipipi pópópó que mais lhe agrada e perder o tempo que achar melhor escutando em looping. Obrigada, tecnologia.

Como tem maluco para tudo, existe gente que cria música, literalmente, a partir desses dispositivos antigos. Aqui no Reverb, já contamos da Floppotron, uma "orquestra" que utiliza equipamentos eletrônicos obsoletos para fazer música. Também falamos de um canal do YouTube totalmente dedicado a recriar hits antigos com sons de máquinas velhas.

O que, por exemplo, explicaria a falta que sentimos por esses barulhos tão característicos? Em primeiro lugar, sem dúvidas, há o fato de que o som nos dava uma vaga ideia de que o dispositivo, seja ele qual fosse, estava funcionando ou não. Agora, se o teu computador está prestes a dar tela azul, ou o Instagram travou no seu celular, não há como descobrir isso com um som, mas observando e se dando conta que a parada não está "funfando".

O cinema e o audiovisual têm um papel especial na criação do imaginário dos sons das tecnologias e dos objetos do futuro. Nos filmes e animações de ficção científica, os dispositivos sempre tinham barulhos próprios, o que nos faz pensar: "Caraca, chegamos no ano de 2019 e não há mais um bip bip bip sequer". A música eletrônica é outra grande responsável por essa nostalgia descabida, e os videogames também. Duvida? Basta ver essa orquestra que mistura o gênero musical com ruídos de máquinas antigas, como Game Boy, Atari, Commodore 64, Mega Drive e Playstation, para atestar.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest