Selena Gomez revela ser bipolar em programa de Miley Cyrus
Inspiração

Selena Gomez revela ser bipolar em programa de Miley Cyrus

Selena Gomez sempre falou abertamente sobre as questões de saúde mental. Em 2016, fez uma pausa na carreira para lidar com os problemas de ansiedade, síndrome do pânico e depressão. Em 2018, procurou tratamento em uma unidade psiquiátrica para fazer terapia. Na sexta-feira (3/4), a cantora revelou, num bate-papo com Miley Cyrus, que sofre de transtorno bipolar.

A cantora foi uma das convidadas do episódio de 3 de abril do programa “Bright Minded”, criado por Miley Cyrus para informar e entreter seus fãs no Instagram Live durante o distanciamento social. Na ocasião, Selena disse: "Recentemente, fui a um dos melhores hospitais psiquiátricos da América, o McClean Hospital, e conversando sobre as coisas que já passei nos últimos anos, percebi que era bipolar. Quanto mais informações eu tenho, mais me ajuda a não temer a situação".

Em 2019, ela ganhou o prêmio McClean por sua atuação em prol da saúde mental. "Parecia que toda a minha dor, ansiedade e medo me inundavam de uma só vez. Foi um dos momentos mais assustadores da minha vida", disse ela durante seu discurso.

Instagram URL not provided

As cantoras conversaram ao vivo sobre saúde mental para cerca de 180 mil espectadores durante 20 minutos. O programa, que teve também participações de Elton John, Kerry Washington e Jimmy Fallon, já tem mais de 1,1 milhão de visualizações.

No começo da transmissão, Miley falou que estava muito feliz em se reconectar com a amiga e recebê-la em seu programa. Selena respondeu que se sentia da mesma forma e que era fã de Miley. "Eu sempre achei você uma das melhores cantoras de todos os tempos”, elogiou a amiga dos tempos de Disney Channel.

Selena Gomez e Miley Cyrus no Teen Choice Awards  de 2008. Foto: Getty Images
Selena Gomez e Miley Cyrus no Teen Choice Awards de 2008. Foto: Getty Images

Durante o bate-papo, os fãs fizeram questão de mostrar sua admiração por Selena na seção de comentários. Muitos enviaram emoticons de borboleta azul depois que Miley disse que Selena havia mandado as mesmas figurinhas por mensagem no Instagram. Foi dessa troca que surgiu o convite para a participação no programa.

No início de 2020, em uma entrevista ao "WSJ", Selena sugeriu que poderia sofrer de algo como o transtorno bipolar. "Minhas fases de euforia eram muito agitadas enquanto as depressivas podiam me deixar fora de circulação por semanas. Descobri que sofro de problemas de saúde mental", contou. Em outra entrevista em janeiro, a cantora revelou que está tomando medicamentos para se manter saudável. 'Eu me sinto ótima, estou tomando a medicação adequada. Eu acredito plenamente que todos possam ficar bem tendo a orientação certa de seus médicos e terapeutas. É algo em que terei que continuar trabalhando, não há como ficar melhor magicamente. Tem dias em que é difícil sair da cama", disse a cantora de 27 anos.

Selena fez, no final de março, uma doação para o Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles, mesmo hospital onde foi diagnosticada com lúpus em 2015, recebeu um transplante de rim em 2017 e ficou no centro de tratamento de saúde mental em 2018.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest