Sertanejo é o gênero musical favorito dos brasileiros (que ainda ouvem muito CD)
Entretenimento

Sertanejo é o gênero musical favorito dos brasileiros (que ainda ouvem muito CD)

Quem não gosta de sertanejo pode até ser bom sujeito, mas certamente não acompanha o gênero musical preferido entre brasileiros de 12 capitais estaduais. Segundo a pesquisa "Cultura nas Capitais", elaborada pela consultoria especializada em cultura JLeiva, o estilo que embala cantores como Marília Mendonça, Fernando e Sorocaba, Jorge e Mateus é o de maior sucesso nos CDs e pendrives nacionais. Pois é, ainda tem isso: a pesquisa também indicou que entre os quatro formatos mais comuns em que o brasileiro ouve música, ainda está o CD. Para o estudo, foram entrevistadas 10.630 pessoas a partir dos 12 anos.

Apesar do sucesso do sertanejo de modo geral, os pré-adolescente e adolescentes gostam mesmo é de um funk. Na faixa de 12 a 15 anos, 55% preferem o ritmo carioca que tem entre seus principais vocalistas MC Kevinho e MC Kekel, do hit “O Bebê”. Por outro lado, entre os mais velhos, o gênero só é o favorito entre 2% deles.

Apesar da decadência, o rock ainda tem mais fãs que pagode, pop, forró, samba e rap. Mas perde da MPB, que é segundo colocado no quadro geral, logo atrás do sertanejo. Entre os jovens de até 24 anos, ele vem logo atrás do sertanejo, como o preferido entre 26% da faixa etária, seguido do rap (25%). É mesmo nesta parcela da população que se encontra o público que mais gosta de rock.

Se analisarmos os gostos favoritos entre homens e mulheres, veremos sertanejo e MPB nos primeiros lugares. A história muda na medalha de bronze. Os homens preferem o rock. As mulheres, a música gospel. Na lista de estilos prediletos, no cômputo geral, de todas as idades, funk aparece com 17% da preferência masculina, e não aparece entre os 5 mais entre as mulheres.

E quem acha que em tempos de 3G o streaming é rei, enganou-se. De acordo com a pesquisa, CDs (sim, eles ainda existem) e pen drives estão entre as quatro plataformas mais usadas pela população dessas cidades. Os dois ocupam o terceiro e quarto lugar, respectivamente. Em primeiro e segundo estão o rádio e o YouTube.

O sertanejo perde seu espaço no Rio de Janeiro, onde o estilo não figura nas primeiras colocações. Quem ganha destaque entre os fluminenses é a MPB, o pagode e a música gospel. Também vale observar que, apesar da presença forte nas rádios que têm como alvo o público jovem, a música internacional não ocupa maior espaço do que a nacional.

Para ver a pesquisa completa, acesse aqui.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest