Simon & Garfunkel, ainda rompidos, ressurgem em EP gravado ao vivo em 1969, edição que celebra 50 anos de ‘Bridge Over Troubled Water’
Entretenimento

Simon & Garfunkel, ainda rompidos, ressurgem em EP gravado ao vivo em 1969, edição que celebra 50 anos de ‘Bridge Over Troubled Water’

Há cinquenta anos, Simon & Garfunkel lançavam “Bridge Over Troubled Water” , que foi não só o álbum de maior sucesso — vendendo milhões de cópias e ganhando seis Grammy, mas também o último trabalho de estúdio da dupla. Eles até se reuniram várias vezes nas quatro décadas seguintes para turnês e registros ao vivo, mas o álbum de 1970 foi o que definitivamente marcou o fim da parceria criativa.

Para comemorar o aniversário do clássico, está sendo lançado o EP “Simon & Garfunkel — Live at Carnegie Hall 1969” em streaming. Há versões inéditas de “Bridge Over Troubled Water”, “So Long, Frank Lloyd Wright”, “The Boxer” e “Song For The Asking” gravadas no teatro de Nova York em novembro de 1969, dois meses antes do lançamento do álbum. Para quase todos os que estavam na plateia, foi a primeira vez em que ouviram músicas que se tornariam clássicos ao longo de 1970 e nos anos seguintes.

Simon & Garfunkel tentaram gravar uma sequência de "Bridge Over Troubled Water" em 1983, na conclusão de uma turnê de despedida, mas as velhas tensões voltaram à tona. Paul Simon sentiu que o material — muitas músicas abordavam, por exemplo, seu tumultuado relacionamento com a mulher Carrie Fisher — era pessoal demais para gravar com seu antigo parceiro. As canções acabaram lançadas em “Hearts and Bones” , LP solo de Paul Simon, em 1983. Nada do que Garfunkel gravou entrou no álbum.

A dupla se apresentou pela última vez em um tributo do American Film Institute a Mike Nichols em 2010. Outra reunião ainda parece muito improvável. "Fora de questão. Nós nem conversamos", disse Simon à “Rolling Stone” em 2016.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest