Sunday Service: o que Kanye West e Kim Kardashian estão aprontando?
Entretenimento

Sunday Service: o que Kanye West e Kim Kardashian estão aprontando?

Desde o começo do ano, Kim Kardashian e Kanye West têm organizado cultos dominicais que têm deixado os fãs, no mínimo, curiosos. Chamado por Kim de "Sunday Service" (culto de domingo), o evento reúne um coral gospel, uma banda e, é claro, Kanye fazendo o que sabe de melhor: música. Pelo pouco que podemos perceber, o conjunto canta versões de músicas de Kanye com arranjos que realmente parecem nos levar para dentro de uma igreja.

"Meus vídeos sobre os cultos de domingo não fazem justiça à vibração sentida ao vivo", escreveu Kim Kardashian no começo de fevereiro. A publicação da socialite continha imagens de North West cantarolando a música do pai durante o tal"culto".

Em meio a "mistérios", reunimos tudo o que sabemos sobre o "Sunday Service" da família Kardashian-West, que será uma das atrações do segundo fim de semana do festival de Coachella, em abril.

O que é o Sunday Service?

Uma sessão semanal, quase como uma jam grifada, que tem como anfitriões ninguém menos do que Kanye West e Kim Kardashian. O casal costuma receber convidados especiais como Kid Cudi, Kaye Fox e 070 Shake. Os artistas ainda são acompanhados por um coral gospel poderoso.

A primeira vez que o clã Kardashian-West fez menção ao "culto" foi no dia 6 de janeiro, quando Kim publicou imagens nos Stories do Instagram e convocou seus seguidores do Twitter para assistir aos vídeos. "Nosso novo 'Sunday Service' está começando. Veja os ensaios nos meus Stories", escreveu.

Durante uma participação no programa de Jimmy Kimmel, Kim Kardashian, ao lado de suas irmãs Kourtney e Khloé, definiu as reuniões como "uma experiência de cura". Khloé concordou e disse que a família tem amigos e parentes que se sentem julgados quando vão a igrejas tradicionais. "Quando eles vão (ao Sunday Service), se sentem tão livres e seguros", afirmou.

Um usuário do SoundCloud subiu um arquivo que seria uma gravação de um dos Sunday Services.

Qual é o objetivo?

Essa é a versão de Kim e Kanye para um culto de igreja aos domingos. No entanto, em um formato idealizado por eles e segundo a liturgia — se é que podemos chamar assim — definida por eles. Em um vídeo publicado recentemente no Twitter, o músico Tony Williams afirmou que a ideia era "comunicar a mensagem do amor de forma efetiva".

É possível que seja uma jogada de marketing? É claro.

Nada impede que todo mistério parcial que circunda o "Sunday Service" seja uma estratégia de marketing. A teoria mais forte é que tudo não passe de uma jogada para alimentar o burburinho sobre "Yandhi", o próximo e esperado álbum de Kanye (que deveria ter sido lançado em setembro de 2018).

Sempre bom lembrar que, em 2010, Kanye West divulgou músicas semanalmente — em uma série chamada GOOD Fridays — para promover "My Beautiful Twisted Fantasy".De "GOOD Fridays" para "Sunday Service" é um pulo.

Quem já participou?

Além de membros da família, Katy Perry, Courtney Love, Tyler, The Creator, Orlando Bloom, Kid Cudi, Kaye Fox, 070 Shake o apresentador David Letterman, os músicos Tony Williams e Verdine White, baixista do Earth, Wind & Fire, entre outros, já foram vistos nos cultos.

O que toca nesse culto?

Nos vídeos publicados por Kim e músicos envolvidos, já ouvimos, em versão gospel, "Lift Off", "We Have Everything We Need" — nome atribuído à música que North West aparece cantando —, "Lift Yourself", "I Wonder", "Reborn", de Kid Cudi, e "Father Stretch My Hands". Também já rolou uma versão com samples de “Real Love”, de Mary J. Blige.

Instagram URL not provided

*Esta matéria tem sido atualizada de acordo com o surgimento de novidades do projeto

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest