Tipo Importação: Viña del Mar, Ruidosa... Como são os festivais de música do Chile?
Especial

Tipo Importação: Viña del Mar, Ruidosa... Como são os festivais de música do Chile?

Além da produção musical consolidada e querida pelo público local, o Chile capricha na organização de festivais. Especialmente no verão, eventos que atraem milhares de pessoas rolam em ginásios, estádios, campos abertos e levam aos palcos tanto as pratas da casa quanto artistas internacionais de peso.

Aqui vão detalhes dos principais festivais de música do Chile. Quem sabe isso te motiva a incluir alguns deles no roteiro das suas próximas férias.

Viña del Mar

Com o nome completo de Festival Internacional de la Canción de Viña del Mar, o Viña del Mar é o festival anual mais antigo da América Latina: sua primeira edição foi em 1960, sem furos de lá para cá. Realizado sempre na terceira semana de fevereiro — às vezes de segunda a sábado, às vezes de terça a domingo —, ele leva música de primeira para o Chile.

Já passaram pelo seu palco principal os nomes mais importantes do país, como Francisca Valenzuela, Los Tres, Lucybell, Augusti Schuster e Mon Laferte. Também já tocaram por lá artistas internacionais de peso — sempre na época em que estão no auge —, como Shakira, Backstreet Boys, Faith No More, Lucio Dalla, Maná, A-Ha, Ricky Martin, Franz Ferdinand, The Police e Morrissey, além dos brasileiros Rita Lee, Roberto Carlos e Xuxa.

Mas não é só música que rola no Viña del Mar: o que mais chama a atenção dos artistas que procuram um lugar ao sol (ou no palco principal do evento em uma edição futura) são os concursos musicais tanto na categoria “Internacional” (e aí vale tudo, do pop ao heavy metal de qualquer parte do mundo) quanto na “Folk” (na qual, via de regra, participam bandas latino-americanas).

É música, é concurso, é entretenimento. Não é à toa que todos os anos cerca de 15 mil pessoas de todo o mundo se hospedam na cidade a 130 km de Santiago para curtir o festival do começo ao fim.

Ruidosa Fest

Quantas mulheres sobem aos palcos principais de festivais de música na América Latina? De acordo com um levantamento feito pela estrela chilena Francisca Valenzuela, a participação feminina nesses eventos representa menos de um quarto das atrações. Por isso, em 2016 ela mesma criou o Ruidosa Fest, um festival em que apenas artistas mulheres (cis ou trans) têm vez.

Os sons podem ir do indie ao rock pesado e também há espaço para outros tipos de manifestações artísticas (poesia, música experimental e o que mais couber) e debates sobre o papel da mulher na sociedade e no entretenimento. O Ruidosa ocorre desde 2016 na capital chilena, Santiago, sempre em março.

Ruidosa Fest: espaço para as mulheres na cena chilena / Foto: Divulgação
Ruidosa Fest: espaço para as mulheres na cena chilena / Foto: Divulgação

Womad

É o principal festival gratuito do Chile e abriga todos os tipos de música, do folk local ao hip-hop do Marrocos — sendo que o forte mesmo é a world music com carinha mais underground. Ou seja, é um evento mais para descobrir sons interessantes deste mundão do que para curtir quem já faz sucesso.

O Womad rola no segundo fim de semana de fevereiro ao ar livre na Plaza de la Paz, em Santiago, e dura três dias (de sexta a domingo). Excelente para ter uma visão mais ampla da cultura do mundo.

Surfbeats

Na cidade de Pichilemu, a pouco mais de 200 km de distância de Santiago e famosa por ser point de surfistas, o festival Surfbeats ocorre por um dia apenas, sempre no segundo sábado de fevereiro.

As atrações têm tudo a ver com o clima praiano: são artistas e bandas de reggae, funk e rap. As maiores atrações nos últimos anos têm sido locais: a MC Ana Tijoux e a banda de funk Los Tetas. Além de boa música, o visual é incrível!

*Tipo Importação é um especial que, todo mês, vai apresentar o melhor da música de países não tão visados pelos brasileiros. Neste mês apresentaremos ritmos e artistas do Chile.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest