Um guia para a trilha de 'Downton Abbey', série britânica que virou filme
Entretenimento

Um guia para a trilha de 'Downton Abbey', série britânica que virou filme

A série britânica vencedora do Emmy e do Golden Globe, "Downton Abbey", fez tanto sucesso que extrapolou o espaço da TV, onde foi exibida por seis temporadas, e chegou aos cinemas em setembro (no Brasil, "Downton Abbey — O Filme", estreia em 19 de novembro). Como era de se esperar, a trilha sonora do longa-metragem seguiu à risca algumas regras de etiqueta fundamentais: não poderia faltar o famoso tema de abertura do programa, criado pelo compositor escocês John Lunn. Para a versão cinematográfica, a faixa ganhou novos contornos, mas manteve-se fiel ao original. Se você ainda não assistiu ao filme, tire a prova abaixo, no trailer.

Juntamente com a "repaginada" no tema original de "Downtown Abbey", John foi convocado para produzir toda a trilha do filme, do diretor Michael Engler e do roteirista Julian Fellowes. Para isso, ele foi atrás das músicas tocadas na década de 1920, quando a história da série se passa, e incorporou elementos populares da época, como jazz e valsa.

"No começo do trabalho, me senti um pouco perdido, pois não revisitava esse material há tempos. Mas, aos poucos, fui pegando o jeito novamente. Foi uma alegria enorme voltar a trabalhar com essas músicas e poder colocá-las em um nível totalmente novo", disse o compositor ao site "Classical Music".

O tema original de "Downton Abbey" é tão elogiado que venceu dois Emmys (em 2012 e 2013), uma indicação ao prêmio em 2014, e duas indicações ao BAFTA (em 2012 e 2016). Em 2015, a Orquestra de Câmara de Londres gravou um álbum com as músicas de John para o programa. O disco se chama "Downton Abbey - the ultimate collection" (ouça abaixo).

Nascido em 1956, John Lunn começou sua carreira musical como membro da banda Man Jumping nos anos 1980. O grupo realizou turnês no Reino Unido e fez um relativo sucesso nos três anos em que esteve formado. Depois dessa experiência, o escocês começou a trabalhar para a TV e para o cinema, compondo trilhas. Ele também atuou como consultor musical para alguns projetos bem-sucedidos, como "O Mistério de Edwin Drood" (2013) e "Little Dorrit" (2008).

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest