Violão é a nova 'arma secreta' do hip-hop
Criatividade

Violão é a nova 'arma secreta' do hip-hop

Publicidade

O hip-hop definitivamente se apoderou do violão. O uso do instrumento no gênero não é algo inédito, uma vez que DJs e produtores no passado usavam faixas de funk e soul, com acordes aqui e ali, para fazer samples. A grande novidade é que as novas gerações estejam se apropriando desses sons para compor seus beats. E eles fazem sucesso. 

LEIA MAIS: A$AP Eva, ou apenas Eva Sam, a joalheira das estrelas americanas

VEJA TAMBÉM: O rapper Offset, do Migos, já foi dançarino de Whitney Houston

Em reportagem, a "Rolling Stone" explicou que alguns dos principais hits do ano passado usavam violões entre uma batida e outra. "Yosemite", do álbum mais recente de Travis Scott, "Astroworld", "Drip Too Hard", da mixtape colaborativa entre os rappers Lil Baby e Gunna, e "Dangerous", de Meek Mill. 

É bacana lembrar como, ano após ano, os rappers e produtores de hip-hop se empenham em adicionar instrumentos poucos usuais em meio aos beats. É sinal que o gênero está se reinventando, buscando novas fórmulas. Há pouco tempo, a grande onda era incluir flautas pegajosas no meio de canções chiclete — como é o caso de "Mask Off", do Future, e "Portland", do Drake. Agora, elas meio que saíram de uso. E sabemos bem que é uma questão de moda. 

A faixa "Tic Toc", de 6ix9ine, lançada no fim de novembro, demonstra que o casamento entre o violão e o hip-hop ainda tem fôlego para sobreviver até 2019 e ir até mais além. "Calling My Spirit", de Kodak Black, também faz coro ao uso do instrumento que, convenhamos, já estava sendo usado por Post Malone lá em 2016, na faixa "Go Flex". 

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest