Zé Ricardo festeja seu 50 anos com live beneficente para o Juntos Pela Música, da UBC, e acredita que o formato veio para ficar
Entretenimento

Zé Ricardo festeja seu 50 anos com live beneficente para o Juntos Pela Música, da UBC, e acredita que o formato veio para ficar

Zé Ricardo adora uma festa e um dos momentos mais felizes do ano para ele é seu aniversário. "Os amigos já ficam nervosos quando chega perto, ansiosos para saber o que eu vou fazer", brinca o cantor e compositor carioca que, desta vez, vai comemorar virtualmente por causa da pandemia do coronavírus. Na live que faz em seu canal do Youtube nesta terça-feira (12/5), às 20h, para marcar seus 50 anos, ele faz um apanhado da carreira e ainda ajuda na campanha Juntos Pela Música, criada pela União Brasileira dos Compositores.

Zé Ricardo conta que será sua primeira live desde o início do distanciamento social. "Eu tinha dado apenas entrevistas e feito pequenas participações em lives de amigos", diz. Diretor artístico do palco Sunset e do Espaço Favela do Rock In Rio, o artista observa que o formato vai além de uma alternativa para o cancelamento e adiamento de shows. "É mais uma porta que se abre para a música. Acredito nesse formato e acho que, quando tudo passar, vai permanecer, funcionando como um outro tipo de conexão. Por que não fazer um show aqui para o público de Cingapura, por exemplo?", diz.

Zé Ricardo diz que o formato de lives é mais uma porta que se abre para a música. Foto: Marcos Hermes
Zé Ricardo diz que o formato de lives é mais uma porta que se abre para a música. Foto: Marcos Hermes

Já que a festa não seria viável dessa vez, Zé Ricardo decidiu comemorar fazendo a live no dia de seu aniversário. "O primeiro momento foi de tristeza, claro. Eu estava planejando fazer uma festa grande por conta dos meus 50 anos. Mas depois pensei: 'Por que então eu não toco?'. O legal é que estou recebendo muitas mensagens com todos dizendo 'vou lá na sua festa!'", conta, feliz.

Como na live da grande maioria dos artistas, Zé Ricardo também vai abrir espaço para divulgar um projeto beneficente e incentivar a doação de recursos. Em seu caso, o escolhido foi a campanha Juntos Pela Música, criada pela UBC em parceria com o Spotify, que visa arrecadar fundos para artistas impactados pela crise do Covid-19. "O trabalho da UBC é sério e se destaca na luta pelos direitos autorais. Essa iniciativa é muito importante para aqueles que não vão para o palco e precisam receber por seu trabalho. As pessoas precisam entender o papel do compositor, que é um trabalhador como os outros, ele levanta todas as manhãs e vai lá escrever!", destaca Zé Ricardo. Ele diz que vai aproveitar a live para conversar sobre o ofício da composição e provocar essa discussão sobre a questão dos direitos autorais.

O fundo Juntos Pela Música foi aberto em abril com um aporte inicial de R$ 1 milhão, sendo R$ 500 mil da UBC e R$ 500 mil do Spotify. A campanha já recebeu mais de R$ 243 mil em doações do público através de um crowdfunding no site Benfeitoria.

Zé Ricardo  faz live nesta terça (12/5) por seu canal no Youtube. Foto: Reprodução
Zé Ricardo faz live nesta terça (12/5) por seu canal no Youtube. Foto: Reprodução

O repertório da live vai fazer um apanhado da carreira de Zé Ricardo, que lançou cinco álbuns. "Vou apresentar canções que as pessoas gostam, algumas de trilhas sonoras de filme e novelas e inéditas, como 'Febre', 'O Samba É Meu' e 'Morena'. "Vai ter 'Eu Te Quero Agora', que Mart´nália gravou, e quatro inéditas. Entre elas, uma que se chama 'Tudo No Seu Lugar', que compus bem no início da pandemia e ainda nem tinha ideia da dimensão que isso iria tomar. Acho que versos como 'Nada vai nos parar/Nosso voô é no amanhecer' traduzem bem o que estamos passando", cita.

Zé Ricardo diz que vai apresentar também algumas canções ligadas ao seu trabalho no Rock In Rio. "O Sunset é muito inspirador, tanto que criamos o projeto 'Segue o Baile' (que nasceu encerrando as noites do palco do Rock in Rio de 2017). Vou trazer algumas músicas dele, como "Azul" (Djavan) e "Let’s Stay Together" (Al Green).

Falando em Rock In Rio, Zé Ricardo diz que o trabalho para a próxima edição não parou por causa do coronavírus. "O Roberto Medina nos estimula a criar o tempo inteiro. Mesmo com o adiamento do Rock In Rio Lisboa para junho de 2021 (acontecendo, pela primeira vez, no mesmo ano que no Brasil) nós não paramos, fazemos reuniões frequentes. É um desafio enorme nos reinventarmos não só profissionalmente mas como seres humanos", diz Zé Ricardo, que promete um repertório cheio de surpresas para a próxima edição do festival.

Isolado desde o início da pandemia ao lado da mulher e dos filhos de 8 e 14 anos, Zé Ricardo montou um mini estúdio na sala de casa e diz não para de trabalhar. "Fiz a direção artística do Abraço Páscoa no Cristo, em abril e, além do Sunset, estou envolvido com um novo projeto do Espaço Favela, que será lançado em breve. Já estamos pensando também na próxima edição do Verão Tim, com shows na praia, e pensando no line-up do Game XP. Para mim, trabalho é uma benção, fico muito feliz com o reconhecimento que recebo. Cada projeto que me envolvo, independente do tamanho ou dinheiro envolvido, faz meus olhos brilharem", diz.

Tags relacionadas:
EntretenimentoRock in Rio

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest